Instagram restaura conta de Nikolas Ferreira e atribui suspensão a “erro”


O Instagram restaurou a conta do deputado eleito Nikolas Ferreira (PL) na noite deste sábado (5) e atribuiu a suspensão da página do jovem a um “erro”.

“Cometemos um erro e pedimos desculpas. A conta em questão já foi restaurada.”, diz o comunicado da Meta, conglomerado que controla o Instagram. Ferreira havia perdido o domínio da conta no próprio sábado.

O apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), no entanto, continua banido do Twitter desde a sexta (4). Após ter a página reativada, ele se manifestou através do Instagram e esclareceu que não criou outra conta em seu nome.

Após ter a conta do Twitter suspensa, Ferreira havia dito que pediu para o seu advogado acessar os autos da ordem judicial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, segundo ele, foi responsável pelo banimento da conta. O pedido da Corte foi fundamentado pela Lei do Marco Civil da Internet (Lei 12.965/2014).

“Basicamente, você não precisa gostar de mim para poder defender a liberdade das outras pessoas. Eu basicamente, simplesmente transcrevi o que o argentino disse no Twitter e, provavelmente, foi por isso que derrubaram minha conta no Twitter com quase 2 milhões de seguidores. Basicamente, hoje você não pode questionar. Você não pode perguntar, e as pessoas não estão entendendo quão perigoso é isso. Um tribunal que decide aquilo que você pode ou não falar na rede social. Surreal”, disse Ferreira.

*Publicado por Daniel Reis

Este conteúdo foi originalmente publicado em Instagram restaura conta de Nikolas Ferreira e atribui suspensão a “erro” no site CNN Brasil.