Reino Unido corre risco significativo de escassez de gás neste inverno, diz órgão


O Reino Unido enfrenta um “risco significativo” de escassez de gás neste inverno (no hemisfério norte) e uma possível emergência devido ao conflito na Ucrânia e fornecimento limitado na Europa, disse o órgão regulador de energia.

Embora a Rússia atenda apenas cerca de 4% das necessidades britânicas de gás, uma interrupção no fornecimento para a Europa tem contribuído para aumentar os preços britânicos e torna mais difícil para o Reino Unido obter gás de outros países.

Em uma carta à empresa de energia SSE, o regulador Ofgem disse que o Reino Unido enfrenta a possibilidade de uma “emergência de fornecimento de gás” na qual o abastecimento para algumas usinas a gás é reduzido, o que pode impedi-las de gerar eletricidade.

Ao responder à publicação da carta, a Ofgem afirmou em um e-mail: “Este inverno provavelmente será mais desafiador do que os anteriores devido à interrupção russa no fornecimento de gás à Europa”.

“Precisamos estar preparados para todos os cenários neste inverno”, disse a Ofgem no e-mail, acrescentando estar implementando medidas de contingência para garantir que o sistema de energia do Reino Unido esteja totalmente preparado.

As usinas a gás foram responsáveis ​​por mais de 40% da produção de eletricidade do Reino Unido no ano passado, enquanto o combustível fóssil também é usado para aquecer cerca de 80% das casas britânicas.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Reino Unido corre risco significativo de escassez de gás neste inverno, diz órgão no site CNN Brasil.