Responsável por tingir cachoeira de azul durante chá revelação em MT é multado


O responsável por tingir de azul a água da cachoeira Queima-pé, em Tangará da Serra (MT), durante um chá revelação foi multado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente em R$ 10.000. O acusado, que não teve a identidade revelada, prestou esclarecimentos na quinta-feira (29).

A pessoa multada teria dito a representantes da secretaria que a substância aplicada é utilizada como corante para tingimento de cascatas e piscinas e é denominada como “Lago Azul”.

A ação foi enquadrada no artigo 62 do decreto federal 6514/2008, que define como infração ambiental “lançar resíduos sólidos, líquidos ou gasosos ou detritos, óleos ou substâncias oleosas em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou atos normativos”.

O caso

As águas foram coloridas durante um chá revelação no último domingo (25). Esse tipo de evento é organizado para que um casal descubra o sexo do bebê que aguarda. A cor azul indicava que os pais terão um menino.

As imagens do evento repercutiram nas redes sociais e levantaram suspeitas sobre a possibilidade de contaminação e prejuízos à fauna e à flora locais. O secretário municipal do Meio Ambiente de Tangará da Serra, Vinicius Lançone, disse à CNN que o caso foi denunciado à prefeitura por diversos canais.

Análise

Amostras da água foram analisadas depois de agentes da secretaria estadual visitarem o local juntamente a representantes da prefeitura na segunda-feira (26). De acordo com a pasta, não foi constatada, durante a visita, a alteração visual nos parâmetros físicos da água, como cor e odor, e não houve mortandade de animais. A análise laboratorial da água não apontou alteração de qualidade.

Por telefone, o pai do bebê, que aparece nas filmagens, disse que o evento foi uma surpresa ao casal, que não sabia de nenhum detalhe da organização e repudiou a repercussão negativa direcionada a ele e à mulher gestante.

A cachoeira que aparece nas imagens fica em uma propriedade privada. A CNN entrou em contato com a empresa proprietária do terreno, mas não obteve retorno.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Responsável por tingir cachoeira de azul durante chá revelação em MT é multado no site CNN Brasil.