Polícia prende terceiro suspeito de envolvimento na morte de ganhador da Mega-Sena


Roberto Jefferson da Silva, mais conhecido como Gordão, foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (23), em Santa Bárbara d’Oeste, no interior de São Paulo, por suspeita de envolvimento no assassinato de Jonas Lucas Alves Dias, que ganhou R$ 41,7 milhões na Mega-Sena em 2020. O quarto suspeito do crime continua foragido.

A informação foi confirmada pela delegada do caso, Juliana Ricci, que ouvirá Gordão ainda hoje no Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) de Piracicaba (SP).

Imagens de câmeras de segurança, obtidas durante a investigação, mostram Roberto e Rebeca, a suspeita presa no último domingo (18), juntos em uma agência da Caixa Econômica Federal em Santa Bárbara do Oeste, no dia seguinte ao sequestro e após a morte da vítima.

Mais informações sobre a prisão ainda não foram divulgadas pela polícia.

*sob orientação de Bárbara Brambila.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Polícia prende terceiro suspeito de envolvimento na morte de ganhador da Mega-Sena no site CNN Brasil.