Jogador de futebol é acusado de matar ex-namorada na Itália


O jogador de futebol italiano Giovanni Padovani, de 27 anos, é o principal suspeito de matar a ex-namorada Alessandra Matteuzzi, de 56, na cidade de Bolonha, na Itália.

Segundo informações da ANSA e da La Repubblica, Padovani teria espancado a ex até a morte com um martelo e um taco de beisebol. Um dos motivos foi não ter aceitado o término do relacionamento.

Alessandra chegou a denunciar o jogador por perseguição semanas antes do crime. Segundo a polícia, o defensor teria deixado a concentração do Sancataldense, time da 4ª divisão italiana, pelo qual atua , e voado para Bolonha para esperar por Alessandra. Quando ela chegou em casa, ele a emboscou no saguão de seu prédio.

View this post on Instagram

A post shared by Alessandra Matteuzzi (@alevenny)

Ela ainda estava consciente quando recebeu os primeiros socorros médicos, mas não resistiu em decorrência de seus graves ferimentos na cabeça. Padovani foi preso por suspeita de homicídio qualificado e está sob custódia.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Jogador de futebol é acusado de matar ex-namorada na Itália no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.