Funcionário de zoológico tailandês se fantasia de avestruz em treinamento anual


Com seu pescoço longo, tronco redondo, penas de cauda e andar desajeitado, a enorme criatura sendo perseguida por veterinários armados com redes em um zoológico tailandês parece ser um avestruz.

Mas quando é encurralada por seus perseguidores, a verdadeira natureza da estranha fera é revelada – e a pista está em seus tênis pretos.

É um homem adulto, em traje completo de avestruz, e seu trabalho é ajudar a treinar a equipe do zoológico de Chiang Mai a como agir se um animal escapar.

Vídeos compartilhados pelo zoológico com a CNN mostram o membro da equipe se preparando para seu grande papel; seu rosto está pintado de tinta branca, seus braços estão enfiados em uma bola gigante de pano e uma falsa cabeça de avestruz está presa no topo de seu longo “pescoço”.

Homem fantasiado de avestruz em zoológico
O Zoológico de Chiang Mai, na Tailândia, realiza um exercício prático sobre como responder a animais fugitivos em 23 de agosto. / Reprodução/Zoológico de Chiang Mai

A cena bizarra que se seguiu, na qual o avestruz humano foi perseguido pela Zona da África do zoológico na terça-feira (26), não pareceria estranha em um programa de TV ou em uma peça de vanguarda, mas, na verdade, era parte de um exercício anual destinado a simular uma fuga.

O objetivo do exercício era “criar prontidão permitindo o gerenciamento de situações reais e preparar medidas para quando os animais escapassem”, disse o zoológico em comunicado no Facebook.

O cenário exigiu que equipes de veterinários e funcionários “controlassem a área para capturar e devolver o avestruz ao seu recinto”, acrescentou.

Funcionários do zoológico de Chiang Mai, na Tailândia, incluindo um homem vestido de avestruz, posam depois de realizar um treino para conter animais fugitivos. / Reprodução/Zoológico de Chiang Mai

A dinâmica também garantiu algumas risadas aos membros da equipe, alguns dos quais podem ser ouvidos rindo alto no vídeo enquanto o homem-avestruz “escapa” e vagueia pelo zoológico, balançando seu corpo para cima e para baixo para imitar a marcha do avestruz.

Outros, enquanto isso, perseguem o bicho com redes portáteis. Quando seu alvo é finalmente encurralado, com a ajuda de uma rede gigante usada para bloquear seu caminho, eles colocam um capuz sobre sua cabeça e o levam de volta ao seu recinto com sorrisos largos em seus rostos.

Os treinamentos anteriores foram igualmente didáticos. Em 2019, um “canguru” que saltou de seu recinto era na verdade um membro da equipe vestindo um macacão e luvas de boxe vermelhas.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Funcionário de zoológico tailandês se fantasia de avestruz em treinamento anual no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.