Passageiros ficam presos no Eurotúnel sob o Canal da Mancha e descrevem “pavor”


Os passageiros que viajavam da França para a Inglaterra na terça-feira (23) tiveram de evacuar um trem no Eurotúnel, sob o Canal da Mancha, para depois ficarem retidos por horas.

“Um trem parou de funcionar no túnel, e estamos transferindo os clientes para um serviço de transporte de passageiros separado através do túnel de manutenção, para então voltar ao terminal de Folkestone”, tuitou o Eurotúnel no fim da terça-feira, horário do Reino Unido. “Nossas sinceras desculpas por este inconveniente”.

O Eurotunnel Le Shuttle opera trens que transportam veículos de passageiros e de carga através de um túnel entre a Inglaterra e a França.

A interrupção afetou o trem das 15h50 (hora local) de Calais, na França, para Folkestone, na Inglaterra, que transportava centenas de pessoas, bem como diversos cães, segundo a agência de notícias PA Media.

O passageiro Michael Harrison contou sua experiência à PA Media: “pegamos o trem das 15h, e depois de cerca de 10 minutos as luzes se apagaram e o trem parou. Disseram que precisavam investigar um problema com as rodas”, contou.

“Levou aproximadamente uma hora e meia para eles investigarem e, obviamente, não encontraram nada. Eles reiniciaram a viagem e rodaram por mais cinco minutos”, acrescentou Harrison. “Aí aconteceu de novo, e esperamos mais umas duas horas para eles determinarem que não conseguiam identificar o problema, mas que tínhamos de trocar de trens”.

Os passageiros então tiveram de sair pelo túnel de emergência para o túnel de manutenção, caminhando por cerca de 10 minutos até chegarem a outro trem, descreveu Harrison à PA Media.

Outros problemas com o trem de substituição fizeram com que os passageiros chegassem ao Reino Unido seis horas após o embarque, acrescentou.

O serviço do Eurotunnel Le Shuttle normalmente leva 35 minutos para percorrer o trajeto entre Folkestone e Calais.

Uma segunda passageira disse à PA Media que “várias pessoas estavam apavoradas por estarem no túnel de serviço, que é um lugar meio estranho. Ficamos presos lá por pelo menos cinco horas”.

Outra passageira, Kate Scott, disse que as temperaturas no túnel eram um problema.

“Estava quente, não tinha ar-condicionado, eles distribuíram água, mas nós não sabíamos o que estava acontecendo”, relatou.

Sarah Fellows, de 37 anos, contou à PA Media que “o túnel de serviço era apavorante”.

Passageiros amontoados em um vagão no Eurotúnel. / Michael Harrison/Twitter/PA Media/PA

“Era como um desastre num filme, como se a gente estivesse caminhando para um abismo sem saber o que estava acontecendo. Tivemos de ficar sob o Canal da Mancha naquela fila enorme”, descreveu.

“Tinha uma mulher chorando no túnel, uma outra tendo um ataque de pânico porque estava viajando sozinha”, acrescentou Fellows. “Eles realmente esperavam que pessoas muito idosas andassem por mais de um quilômetro por um túnel submarino”.

“Em determinado momento eu entrei em pânico, e a Guarda da Fronteira nos disse que o túnel havia sido evacuado uma outra vez nos últimos 17 anos, mas não recentemente”, comentou.

A interrupção teve repercussões em outros serviços.

“Devido à falha no trem anterior, recomendamos que não viajem para o terminal nesta noite”, aconselhou o Eurotunnel em um tuíte separado na terça-feira. “Por favor, venham amanhã após as 6 da manhã”.

Na manhã de quarta-feira, a empresa afirmou que os trens estavam funcionando novamente. “Após o incidente de ontem, voltamos a executar os serviços normalmente”, tuitou.

A CNN entrou em contato com o Eurotúnel para mais comentários sobre o incidente.

O túnel do Canal da Mancha revolucionou as viagens entre o Reino Unido e a Europa continental quando foi inaugurado em maio de 1994, tornando a viagem muito mais rápida do que a rota equivalente via balsa.

A obra foi debatida por mais de 180 anos antes de os trabalhadores britânicos e franceses finalmente começarem a cavar em direção uns aos outros em 1988.

Foram necessários seis anos para 13 mil trabalhadores construírem o túnel de 50,45 quilômetros de extensão, dos quais 37,8 são sob o mar, tornando-o o mais longo do gênero no mundo.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Passageiros ficam presos no Eurotúnel sob o Canal da Mancha e descrevem “pavor” no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.