Polícia Federal faz operação contra tráfico de mulheres brasileiras para Europa


A Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta terça-feira (23), a operação “Lenocinium”, que combate uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de mulheres brasileiras para exploração sexual.

Nesta ação, são cumpridos um mandado de prisão preventiva e três de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de São Pedro da Aldeia, em Búzios, no Rio de Janeiro.

De acordo com a PF, as investigações mostraram que uma mulher brasileira foi aliciada pela organização criminosa com o intuito de obter trabalho em Empoli, na Itália. No entanto, chegando lá a brasileira foi mantida em cárcere privado, ameaçada e obrigada a se prostituir.

A PF quer saber ainda, se esse grupo que atua com prostituição no Brasil está de alguma forma ligado à máfia italiana, que explora o tráfico de mulheres para exploração sexual e tráfico de drogas para o exterior.

A Polícia chegou até os criminosos após uma vítima ter conseguido fugir da Itália, onde era mantida em cárcere e explorada sexualmente. Ela tinha saído de Búzios, onde foi aliciada e levada para Itália com todas as despesas pagas.

As acusações podem render até 20 anos de prisão e multa. “Lenocinium” tem origem no latim e refere-se ao tráfico de escravas para a prostituição.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Polícia Federal faz operação contra tráfico de mulheres brasileiras para Europa no site CNN Brasil.