Ousmane Dembélé escapa do cartão vermelho em goleada contra a Real Sociedad


Robert Lewandowski e seus novos colegas de time do Barcelona mostraram o quão perigosos podem ser nesta temporada com uma vitória por 4 a 1 sobre a Real Sociedad no domingo (21). O jogo, porém, foi marcado por uma controvérsia.

Lewandowski, que veio do Bayern de Munique, marcou seu primeiro gol no Barça no primeiro minuto do jogo, mas Alexander Isak empatou cinco minutos depois.

Com o placar igualado, o francês Ousmane Dembélé apareceu para acertar o zagueiro da Sociedad Aihen Muñoz no rosto com o cotovelo.

Dembélé não recebeu cartão vermelho e, em uma cruel reviravolta do destino, marcou o segundo gol do Barcelona no jogo após uma elegante assistência de calcanhar do reserva Ansu Fati.

Lewandowski marcou mais um aos 23 do segundo tempo e Fati fechou o placar: 4 a 1 para o Barcelona.

O próprio Lewandowski elogiou seus novos companheiros de equipe depois de marcar seus dois primeiros gols pelo clube catalão.

“O primeiro gol que marco para um novo time vai sempre para o meu pai, que está vendo do céu”, disse depois do jogo. “Foi incrível, estou muito feliz e orgulhoso da equipe porque, no segundo tempo, jogamos muito bem e marcamos quatro gols. Agora, voltamos para o Barcelona e vamos aproveitar nos próximos dias.”

Ele acrescentou: “O primeiro jogo [contra o Rayo Vallecano] não foi bom, tudo era novo. Nas primeiras semanas, temos que nos conhecer e cada jogo será melhor. Há muitos jovens com quem eu tenho uma química em campo rapidamente.”

Robert Lewandowski faz pose comemorando gol
Lewandowski comemora o primeiro gol contra a Real Sociedad. / Reprodução/CNN

Mistura de idades

Era a história de um atacante veterano de 34 anos e um garoto prodígio de 19 anos.

Depois de uma estreia atrofiada na semana passada no empate sem gols com o Rayo Vallecano, a equipe do técnico Xavi começou a dar pistas do que poderia ser no domingo.

Com uma mistura de experiência trazida de fora do clube –Lewandowski e Christensen– e uma série de graduados da academia –Pedri, Gavi, Ansu Fati e Alejandro Balde– a equipe de Xavi tem muito potencial.

E desde o primeiro minuto no Estádio Anoeta, parecia que tudo estava se encaixando bem, já que o lateral-esquerdo de 18 anos Balde disparou pela ala antes de cruzar a bola para Lewandowski marcar.

Mas o Barça recuou minutos depois. E o time catalão poderia –e possivelmente deveria– estar reduzido a dez homens quando Dembélé apareceu para dar uma cotovelada no rosto de Muñoz, mas o árbitro assistente de vídeo optou por não revisar o incidente e Dembélé escapou sem nem mesmo um cartão amarelo.

Após o intervalo, e com a entrada de Fati aos 63 minutos, o jogo virou a favor do Barça.

Fati, que está voltando de uma temporada perdida devido a lesões no joelho, usou seu ritmo e exuberância para dissecar a defesa da Sociedad, terminando o jogo com duas assistências e um gol.

Jogadores em campo
Fati comemora o quarto gol de seu time contra a Real Sociedad. / Reprodução/CNN

Após a partida, Xavi disse estar “muito satisfeito” com a vitória.

“Às vezes, tivemos que ter mais paciência. Às vezes, somos muito impetuosos porque jogamos com jogadores muito jovens”, disse ele.

“Mas estou muito satisfeito. Esta vitória mostra que estamos no caminho certo; o resultado da semana passada foi um baque e vencer aqui nos fortalece. Tivemos que ser corajosos depois de não vencer na semana passada e a aposta caiu para nós.”

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ousmane Dembélé escapa do cartão vermelho em goleada contra a Real Sociedad no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.