Ator Gary Busey, de “Predador 2”, enfrenta acusações de crimes sexuais em evento


O ator Gary Busey, de “Predador 2”, está enfrentando acusações de crimes sexuais que supostamente ocorreram durante a convenção anual Monster Mania, realizada no Doubletree Hotel, em Cherry Hill, Nova Jersey, no último fim de semana, segundo informações da polícia.

A polícia de Cherry Hill respondeu ao hotel pela denúncia de um crime sexual. Como resultado da investigação, o departamento policial acusou Gary Busey, de 78 anos, de duas acusações de contato sexual criminoso de quarto grau, uma acusação de tentativa criminosa/contato sexual criminoso e uma acusação de assédio.

A CNN entrou em contato com representantes de Busey para comentar. Não se soube imediatamente se ele tem um advogado que o represente neste assunto.

O chefe de polícia de Cherry Hill, Robert Kempf, confirmou à CNN na noite de sábado (20) que o incidente envolveu Busey, que era um dos convidados do evento.

O artista é mais conhecido por sua interpretação de Buddy Holly no filme de 1978 “A História de Buddy Holly”, pelo qual foi indicado ao Oscar de melhor ator.

Um escritório de advocacia que representa a Monster Mania disse à CNN em um comunicado na noite de sábado: “Nosso cliente, Monster-Mania LLC, está auxiliando as autoridades em sua investigação sobre um suposto incidente envolvendo participantes e uma celebridade convidada em sua convenção em Cherry Hill, Nova Jersey, no último ano. Imediatamente após receber uma reclamação de um participante, a celebridade convidada foi removida da convenção e instruída a não retornar. Monster-Mania também encorajou os presentes a entrar em contato com a polícia para registrar um boletim de ocorrência.”

A investigação sobre o incidente está em andamento, afirmou a polícia, e qualquer pessoa com informações adicionais deve entrar em contato com o Departamento de Polícia de Cherry Hill.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ator Gary Busey, de “Predador 2”, enfrenta acusações de crimes sexuais em evento no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.