Restos mortais de sargento em missão na 2ª Guerra Mundial são identificados


Os restos mortais de um jovem de 23 anos de Utah, nos Estados Unidos, que foi morto durante uma missão de bombardeio na Segunda Guerra Mundial, foram identificados, disse uma agência federal nesta quinta-feira (18).

Elvin L. Phillips, que era sargento das Forças Aéreas do Exército dos EUA, foi um artilheiro a bordo de uma aeronave que caiu ao norte de Bucareste, na Romênia, no verão de 1943, segundo a Agência de Contabilidade de Defesa POW/MIA (DPAA, na silga em Inglês) revelou em um comunicado à imprensa.

“Para identificar os restos mortais de Phillips, os cientistas da DPAA usaram análises antropológicas”, explicou a agência, salientando que os cientistas também usaram DNA mitocondrial.

Agora, os restos mortais de Phillips serão enterrados em Bluffdale, no estado de Utah.

Seu nome foi gravado nas Tábuas dos Desaparecidos no cemitério e memorial Florence American Cemetery, que é um local da Comissão Americana de Monumentos de Batalha em Impruneta, Itália.

“Uma roseta será colocada ao lado de seu nome para indicar que ele foi contabilizado”, disse a agência.

Phillips foi membro do 66º Esquadrão de Bombardeio, 44º Grupo de Bombardeio e foi o artilheiro de cauda da aeronave B-24 Liberator que transportava outras oito pessoas da equipe e decolou da Líbia em 1º de agosto de 1943, como parte da Operação Tidal Wave na Romênia, de acordo com a Agência de Contabilidade MIA.

Os alvos eram refinarias de petróleo em Ploiesti, como explica a DPAA. Phillips foi morto por fogo antiaéreo perto de Ploiesti e o avião, gravemente danificado, caiu. Dois membros da tripulação foram socorridos e sobreviveram, diz a agência.

Inicialmente, os restos mortais de Phillips foram enterrados como desconhecidos na Seção de Heróis do Cemitério Civil e Militar de Bolovan, na cidade de Ploiesti, capital da Prahova, na Romênia.

Após a guerra, o Comando de Registro de Túmulos Americanos recuperou todos os restos mortais americanos do cemitério para identificação. Mais de 80 desconhecidos não puderam ser identificados e esses restos mortais foram enterrados em dois cemitérios na Bélgica, informou a agência.

Em 2017, a agência começou a exumar restos não identificados que se acredita estarem associados a aviadores desaparecidos da Operação Tidal Wave. Esses restos mortais foram enviados ao Laboratório da agência na Base Aérea de Offutt, Nebrasca, para serem examinados e identificados, explicou a agência. Os restos mortais de Phillips foram identificados em março e divulgados nesta quinta.

A Segunda Guerra Mundial começou em 1939 e terminou em 1945, com mais de 16 milhões de soldados americanos servindo na batalha. Um total de 405.399 soldados americanos morreram na guerra.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Restos mortais de sargento em missão na 2ª Guerra Mundial são identificados no site CNN Brasil.