Não comparecer a debate é desserviço à democracia, diz cientista política


A cientista política Deysi Cioccari disse à CNN, neste domingo (7), que considera um “desserviço à democracia” os candidatos nas eleições não comparecerem aos debates e às sabatinas dos veículos de imprensa.

“Eu acho uma perda violenta para a democracia quando os candidatos não se apresentam ao debate e ainda mais em um período curto. É um desserviço à democracia um candidato não comparecer ao debate, é culpabilizar a imprensa, os meios de comunicação”, disse.

Ela ainda citou os ataques dos candidatos à mídia e citou que, mesmo com a força das redes sociais, os principais veículos ainda seriam a rádio e a televisão.

“As pessoas e os próprios candidatos têm uma mania muito ruim de, aqui no Brasil, culpabilizar a imprensa pelas avaliações negativas, então fogem de debates, fogem de sabatinas e aí creditam uma falsa força às redes sociais que elas não têm. As redes sociais, na maioria das vezes repercutem o que acontece na televisão e no rádio, então os principais meios de comunicação fortes ainda são a TV e o rádio”, afirmou.

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Não comparecer a debate é desserviço à democracia, diz cientista política no site CNN Brasil.