Saúde orienta ampliação do uso da Coronavac em crianças de 3 a 5 anos


O Ministério da Saúde prepara uma nota técnica que deve ser divulgada na semana que vem orientando as secretarias de Saúde dos Estados a iniciarem a vacinação com a Coronavac em crianças de 3 a 5 anos.

A recomendação será feita com base na decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o aval da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI).

O Ministério da Saúde vai informar ainda que as secretarias estaduais e municipais devem iniciar a vacinação nesse público utilizando os estoques existentes. A pasta informa que seguirá em tratativas para a aquisição de novas doses do imunizante.

 

A nota técnica que está sendo preparada deve detalhar o cronograma de entrega das doses adicionais. Os Estados e municípios têm autonomia para iniciar o planejamento para ampliar a vacinação pediátrica.

O esquema vacinal para crianças a partir de 3 anos é o mesmo recomendado para os adultos: duas doses aplicadas em um intervalo de 28 dias. O imunizante é o mesmo que vem sendo aplicado em todas as faixas etárias, sem adaptação de versão pediátrica.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Saúde orienta ampliação do uso da Coronavac em crianças de 3 a 5 anos no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.