Rússia atinge galpões ucranianos que guardavam armas dos EUA


As forças da Rússia atacaram dois hangares do exército ucraniano que armazenavam obuses M777 produzidos nos EUA, um tipo de arma de artilharia, perto de Kostyantynivka, na região de Donetsk, disse o Ministério da Defesa da Rússia neste domingo (10).

O Ministério disse que os obuses M777 fabricados nos EUA foram usados ​​para bombardear áreas residenciais de Donetsk.

A Reuters não pôde verificar de forma independente os números.

Os porta-vozes militares ucranianos não estavam imediatamente disponíveis para comentar.

As forças ucranianas montaram forte resistência e o Ocidente impôs sanções abrangentes à Rússia em um esforço para forçá-la a se retirar.

A Rússia nega ter atacado civis deliberadamente.

As províncias de Luhansk e Donetsk compreendem Donbass, a região industrial do leste da Ucrânia que se tornou o maior campo de batalha da Europa por gerações. A Rússia quer tomar o controle do Donbass em nome dos separatistas que apoia.

Moscou diz que expulsar os militares ucranianos da região é fundamental para o que chama de “operação militar especial” para garantir sua própria segurança, uma ofensiva que já dura mais de quatro meses e que o Ocidente chama de guerra não provocada.

Forças russas disparam contra hangares na Ucrânia. / Ministério Defesa Rússia

Este conteúdo foi originalmente publicado em Rússia atinge galpões ucranianos que guardavam armas dos EUA no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.