Tony Sirico, ator de “Família Soprano”, morre aos 79 anos


O ator Tony Sirico, que é mais conhecido por interpretar o capanga Paulie Walnuts em “Família Soprano”, da HBO, morreu, segundo seu empresário Bob McGowan.

O artista tinha 79 anos, de acordo com seu perfil no IMDB.

McGowan não forneceu a causa da morte, mas classificou Sirico como um “cliente muito leal e de longo prazo” e alguém que “sempre doou para caridade”.

A dupla trabalhou junta por 25 anos.

A co-estrela de “Família Soprano”, Michael Imperioli, também compartilhou a notícia em seu Instagram, informando que Sirico morreu nesta sexta-feira (8).

“Tony era como ninguém: ele era tão durão, tão leal e tão generoso quanto qualquer um que eu já conheci”, escreveu o ator.

“Eu estava ao lado dele em muitas coisas: nos bons e nos maus momentos, mas principalmente nos bons. E nós demos muitas risadas juntos.”

Sirico, natural do Brooklyn, acumulou vários créditos no final dos anos 80 e 90, aparecendo em filmes como “Os Bons Companheiros”, “Poderosa Afrodite” e “Mickey Olhos Azuis”

O ator, no entanto, se tornou bem conhecido pelo público – particularmente em lares com TV a cabo – através de “Família Soprano”, interpretando o animado, mas brutal quando necessário, Paulie Walnuts.

Na época de sua audição, ele tinha 55 anos e dormia no sofá de sua mãe.

Sirico fez o teste para um personagem diferente, mas o criador David Chase o abordou com uma outra proposta, que acabou sendo icônica por si só.

“Ele disse: ‘Você quer as boas ou as más notícias?’”, lembrou Sirico em uma entrevista de 2021.

“Eu disse: ‘Dê-me as más notícias.’ Ele disse: ‘Você não conseguiu o tio Junior. Mas eu tenho algo em mente: Você estaria disposto a fazer um papel recorrente na série? Eu tenho um personagem chamado Paulie Walnuts.’”

Depois que o show terminou, Sirico apareceu em programas como “Lilyhammer”, “The Grinder” e “Family Guy”, mas “Família Soprano ” – em parte graças à popularidade renovada do programa através dos streamings – continuou sendo seu trabalho mais memorável.

“Encontramos um ritmo como Christopher e Paulie, e tenho orgulho de dizer que fiz o meu melhor e mais divertido trabalho com meu querido amigo Tony”, acrescentou Imperioli.

“Vou sentir falta dele para sempre. Ele é realmente insubstituível. Envio amor para sua família, amigos e seus muitos fãs. Ele era amado e nunca será esquecido. De coração partido hoje.”

Michael Gandolfini, filho do falecido astro da série, James Gandolfini, também prestou homenagem a Sirico no Instagram.

“Tony Sirico foi um dos homens mais gentis, ferozmente leais e sinceros que já conheci”, afirmou ele.

“Ele sempre foi o tio Tony para mim. Tony sempre esteve lá para mim e para minha família. Vou sentir muita falta de seus beliscões na minha bochecha e sua risada contagiante. Ele era um ator fenomenal e um homem melhor ainda.”

Este conteúdo foi originalmente publicado em Tony Sirico, ator de “Família Soprano”, morre aos 79 anos no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.