Ministro da Ucrânia acusa Rússia de estratégia “cínica” para destruir agricultura do país


O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, afirmou na reunião de ministros das Relações Exteriores do G20 que a Rússia embarcou em uma “estratégia bem pensada e cínica” para destruir a agricultura da Ucrânia.

Kuleba discursou na reunião do G20 na Indonésia por videoconferência.

“O bloqueio naval russo aos portos ucranianos já destruiu as cadeias globais de fornecimento de alimentos e tem um efeito prejudicial na segurança alimentar global. Adicionando insulto à injúria, a Rússia rouba grãos ucranianos e bombardeia celeiros ucranianos”, disse ele.

“A Rússia está essencialmente jogando jogos de fome com o mundo, mantendo o bloqueio naval dos portos ucranianos com uma mão e transferindo a culpa para a Ucrânia com a outra. A Rússia vê a dependência de outros países de qualquer tipo de recurso como uma fraqueza e um convite a usar essa dependência como uma alavanca para o ganho da Rússia”, completou.

Kuleba disse que as forças russas atacaram o segundo maior complexo de terminais de grãos da Ucrânia no porto de Mykolaiv em junho, alegando que “a Rússia sabia exatamente onde disparou seus mísseis”. O ataque visava causar destruição na Ucrânia e “chantagear o mundo”, acrescentou.

Kuleba disse aos ministros das Relações Exteriores que, por décadas, a Ucrânia – frequentemente descrita como “um celeiro global” – tem sido essencial para a segurança alimentar mundial, mas agora está sendo “atacada, bombardeada e saqueada por criminosos russos”.

Respondendo às alegações russas de que a Ucrânia estava bloqueando seus próprios portos, Kuleba disse: “Suas acusações desafiam a lógica básica. Como podemos estar interessados ​​em bloquear nossas próprias exportações de alimentos quando elas fornecem uma de nossas principais fontes de receita para o orçamento? Estamos interessados em exportar nossos produtos alimentícios tanto quanto nossos consumidores estão interessados em obtê-los o mais rápido possível”.

Separadamente, o Ministério da Defesa ucraniano alegou que a Rússia está usando munições para incendiar terras agrícolas enquanto a temporada de colheita começa. Um vídeo recente mostra colheitadeiras em partes do Sul da Ucrânia tentando coletar grãos enquanto os incêndios queimam os campos.

Alguns antecedentes: A Organização das Nações Unidas (ONU) disse que o bloqueio da Rússia aos portos ucranianos já aumentou os preços globais dos alimentos e ameaça causar uma catastrófica escassez de alimentos em algumas partes do mundo.

Na quinta-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia disse que a libertação de um navio russo que supostamente carregava grãos ucranianos roubados de águas turcas era “inaceitável”.

A Turquia ignorou um pedido para prender o navio e a carga e o navio foi liberado em 6 de julho, de acordo com um comunicado do ministério. O navio mercante russo, Zhibek Zholy, havia carregado os grãos do porto ocupado de Berdiansk para o porto turco de Karasu.

A Rússia negou repetidamente que está bloqueando os portos ou roubando grãos.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Ministro da Ucrânia acusa Rússia de estratégia “cínica” para destruir agricultura do país no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.