Autoridades do mundo lamentam assassinato de Shinzo Abe; veja


O ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, o mais longevo líder do Japão, morreu nesta sexta-feira (8) após ser baleado enquanto fazia campanha para uma eleição parlamentar.

O homem que efetuou os disparos foi detido pela polícia. Ele utilizou uma arma caseira.

Abe, que procurou tirar a economia da deflação crônica com suas ousadas políticas “Abenomics”, fortalecer as forças armadas e combater a crescente influência da China, morreu aos 67 anos.

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro decretou luto oficial no país por três dias e disse que recebeu “com extrema indignação e pesar a notícia da morte” de Abe, “líder brilhante que foi um grande amigo do Brasil”.

Veja reações de outras autoridades do mundo até agora.

Estados Unidos

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, chamou o assassinato de Abe de “chocante” e “profundamente perturbador” e o descreveu como um líder de grande visão.

China

Porta-voz da embaixada chinesa no Japão: “O ex-primeiro-ministro Abe fez contribuições para melhorar as relações China-Japão durante seu mandato. Expressamos nossas condolências por sua morte e enviamos nossas condolências à sua família”.

Mais tarde, o presidente do país, Xi Jinping, enviou uma mensagem ao primeiro-ministro japonês prestando condolências, dizendo estar profundamente entristecido com a morte de Abe e disposto a trabalhar para continuar a desenvolver as relações China-Japão, segundo a empresa estatal de notícias CCTV.

Xi Jinping e sua esposa, Peng Liyuan, também enviaram uma mensagem à viúva de Abe, Akie Abe, ainda de acordo com a CCTV.

Reino Unido

A rainha Elizabeth II, do Reino Unido, disse estar “profundamente triste” com a morte do ex-primeiro-ministro japonês.

“Minha família e eu ficamos profundamente tristes ao ouvir a notícia da morte súbita e trágica do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe”, disse a monarca de 96 anos, que acrescentou que tinha boas lembranças de conhecer Abe e sua esposa durante sua visita à Grã-Bretanha em 2016.

“Desejo transmitir minhas mais profundas condolências e condolências à sua família e ao povo do Japão neste momento difícil”.

“Notícia incrivelmente triste sobre Shinzo Abe. Sua liderança global em tempos desconhecidos será lembrada por muitos. Meus pensamentos estão com sua família, amigos e o povo japonês”, escreveu Boris Johnson.

“O Reino Unido está com você neste momento sombrio e triste”, acrescentou.

França

“Em nome do povo francês, envio minhas condolências às autoridades e ao povo japonês após o assassinato de Shinzo Abe. O Japão está perdendo um grande primeiro-ministro, que dedicou sua vida ao seu país e trabalhou para trazer equilíbrio ao mundo”, afirmou o presidente Emmanuel Macron.

Ucrânia

“Notícias horríveis de um assassinato brutal do ex-primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe. Estou estendendo minhas mais profundas condolências à sua família e ao povo do Japão neste momento difícil. Este ato hediondo de violência não tem desculpa”, publicou o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky no Twitter.

Alemanha

“O assassinato de Shinzo Abe me deixa chocado e profundamente triste. Minhas mais profundas condolências vão para sua família, meu colega Fumio @kishida230 e nossos amigos japoneses. Estamos ao lado do Japão nestas horas difíceis”, escreveu o premiê Olaf Scholz.

Otan

“Profundamente entristecido pelo assassinato hediondo de Shinzo Abe, um defensor da democracia e meu amigo e colega por muitos anos. Minhas mais profundas condolências à sua família, PM @kishida230 e ao povo do parceiro da OTAN, Japão, neste momento difícil”, escreveu o secretário-geral Jens Stoltenberg.

União Europeia

“Faleceu uma pessoa maravilhosa, grande democrata e defensora da ordem mundial multilateral. Lamento com sua família, seus amigos e todo o povo do Japão. Este assassinato brutal e covarde de Shinzo Abe choca o mundo inteiro”, escreveu a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Holanda

“O ex-primeiro-ministro japonês Abe morreu, após um ataque covarde. Na reunião de gabinete de hoje, paramos para refletir sobre este dia sombrio para a democracia japonesa. Tenho boas lembranças de nossa amizade e do trabalho que fizemos juntos. Meus pensamentos estão com seus entes queridos e o povo do Japão”, escreveu o premiê Mark Rutte.

Turquia

“Estou profundamente triste com a morte do meu querido amigo Shinzo Abe, ex-primeiro-ministro do Japão, como resultado de um ataque armado. Eu condeno aqueles que realizaram este ataque hediondo”, escreveu o presidente Recep Erdogan.

“Minhas condolências à família do meu amigo Abe, entes queridos, todas as pessoas e governo do Japão”, acrescenta.

Austrália

“Chocado e triste com a trágica morte do ex-primeiro-ministro japonês Abe Shinzo. Ele era um grande amigo e aliado da Austrália. Sentimentos profundos à sua família e ao povo do Japão. Choramos com você”, escreveu o premiê Anthony Albanese.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Autoridades do mundo lamentam assassinato de Shinzo Abe; veja no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.