Especialista dá dicas para evitar exposição de vida íntima nas mídias sociais


Na última quinta-feira (30), a atriz Claudia Raia estava entre os assuntos mais comentados nas redes sociais devido a um comentário feito durante o programa “Saia Justa”, do GNT, em relação à vida íntima da cantora Marisa Monte.

Durante o programa, Claudia revelou que Marisa Monte teria perdido a virgindade com Alexandre Frota, com quem a atriz foi casada durante a década de 1980. Nesta sexta-feira (1º), Claudia Raia usou o Instagram para se desculpar pelo ocorrido.

“Errei ao fazer um comentário inadequado e errado da minha parte de uma artista que admiro tanto. Foi uma fala desnecessária e equivocada, que não se justifica pela intenção de brincadeira. Fica aqui minha sincera desculpa. Lição aprendida, porque é assim, a gente aprende”, disse Claudia.

Outro envolvido na história, Frota também utilizou as redes sociais para se manifestar.  “Lamento muito que Claudia não tenha me esquecido. Com todo respeito, acho que ela está errando e passando da curva. Com o tempo está ficando engraçada, ainda colocou na fofoca Marisa”, escreveu.

Marisa Monte ainda não se manifestou publicamente sobre o comentário.

Apesar de o namoro entre Frota e Marisa não ser segredo – ele revelou no fim do passado em uma entrevista, que conheceu a cantora há muitos anos no Rio de Janeiro, quando participava de uma peça do Miguel Falabella, a “Rocky Horror Show” -, o público criticou o comentário de Claudia Raia.

“Ela foi minha namorada, ninguém sabia. A gente namorou durante um tempo. Não quero que ela fique triste porque revelei isso aqui. Acho ela uma grande mulher, uma grande atriz, uma pessoa bacana e que tem um trabalho de respeito no mundo todo”, disse Frota na época sobre o namoro.

Nas redes sociais, o assunto imediatamente ganhou os Trends Topics do Twitter e os usuários fizeram críticas à atriz pelo comentário. Dentre os comentários do público, muitos questionam a indiscrição de Claudia Raia.

Evitando exposição na era digital

À CNN, a especialista em etiqueta e comportamento Claudia Matarazzo disse que deveria existir um limite de exposição, principalmente neste momento, de mídias sociais, quando histórias acabam ganhando grandes proporções.

“Antes das redes sociais, as pessoas conseguiam separar mais a vida íntima da vida pública. Agora está ficando cada vez mais difícil preservar algo que às vezes a gente gostaria, como por exemplo, nossas dores, certos amores”, diz Claudia.

Influencers, TikTokers, blogueiras, todos fazem questão de expor seus relacionamentos e vida pessoal nas redes. E o público, conectado a todo momento, não deixa escapar qualquer informação.

Para Claudia, quando se fala em pessoas públicas, há um interesse muito grande, mas a exposição nas mídias pode gerar desconforto para qualquer pessoa. “Você não consegue ter um caso, um amor como antigamente, porque tudo é muito exposto. Nem isso se consegue mais”, continua a especialista.

“A primeira pergunta que precisamos fazer é: o que isso interessa para as outras pessoas?”, questiona.

A especialista em etiqueta destaca que um bom ponto de partida é pensar: “Eu teria coragem de falar isso ao vivo para essa pessoa?”, questiona.

Nas mídias sociais, segundo ela, não existe um filtro, pois todos acreditam que estão protegidos, quando, na verdade, “não só não estão protegidos, como expõem aquilo que é aumentado com uma lupa à enésima potência”.

“Quer dicas de boa conduta? No Instagram, por exemplo, evite exposição falando no direct, não fale de intimidade de outra pessoa em grupos, evite discussões tanto em grupos pessoais como profissionais.”

No entanto, Claudia, acredita que, apesar de vivermos em uma época do espetáculo, está voltando a “não ser saudável esse excesso de exposição”.

“Graças a Deus, a nossa vida é longa. Vivemos várias décadas, a gente amadurece, muda de opinião, de parceiros, de profissão, então se você entender que está passível de recomeçar, você já não expõe tudo. Pois o que foi dito não poderemos voltar atrás. É para isso que serve a privacidade, é por isso que é preciso se preservar.”

Este conteúdo foi originalmente publicado em Especialista dá dicas para evitar exposição de vida íntima nas mídias sociais no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.