Rock in Rio: Artistas brasileiros prometem invadir Palco Sunset com ritmo e poesia


Uma união de gigantes: é isso que o Rock in Rio promete para o Palco Sunset no dia 3 de setembro, o segundo do evento. O festival reuniu nomes fortes da cena pop brasileira, como Papatinho, DJ e produtor musical; e L7nnon, rapper parceiro de Papatinho. Juntos, eles já lançaram o hit “Perdição”.

Os dois se encontraram no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (30) com MC Hariel, um dos nomes atuais do funk e do trap de São Paulo, conhecido pelo álbum “Chora Agora, Ri Depois”.

“Chegar no Rock in Rio é ganhar a Copa do Mundo. A gente vai se encontrar mais vezes pra planejar melhor o show, mas a gente garante que vai dar o melhor. Cada um de nós está representando um estilo musical. Pra todos os artistas que não estão aqui dessa vez, nós estamos representando, esse é o principal objetivo”, afirmou Papatinho.

Hariel também demonstrou empolgação com a estreia no palco do Rock in Rio.

“A gente pode prometer que a nossa apresentação vai trazer uma mensagem que a união, o caráter e o trabalho fazem qualquer diferença se assemelhar, por mais que as pessoas tenham vivências diferentes. A união vai ficar mais explícita que qualquer outra coisa”, complementou MC Hariel.

Também participaram da reunião o diretor artístico do palco, Zé Ricardo, além de Don Juan, o convidado de PK, que toca no Espaço Favela no mesmo dia.

“Eu espero pro Sunset aquilo que eu ainda não sei, aquilo que é espetacular. Eu espero que eu consiga me manter com esse frescor. Eu tenho muitos sonhos. Os sonhos não dizem respeito a um artista ou a um encontro. Os sonhos dizem respeito a uma proposta de humanidade. Então que eu possa trazer mais shows que façam as pessoas pensarem. Quando eu coloco uma transsexual angolana como a Titica e BaianaSystem, eu coloco as pessoas para pensarem sobre os seus preconceitos, seus medos… então eu acho que o Palco Sunset e o Espaço Favela têm essa proposta”, contou Zé Ricardo.

O pagode é uma das grandes novidades do Rock in Rio 2022. Além de ter o cantor Ferrugem como embaixador do Espaço Favela, o festival terá uma representante feminina do gênero: Marvvila, que se apresenta no espaço no dia 9 de setembro. Ela também esteve no encontro desta quinta.

“Incrível ter o pagode no Rock in Rio. É incrível poder estar lá representando o pagode e as mulheres”, comemorou Marvvila.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Rock in Rio: Artistas brasileiros prometem invadir Palco Sunset com ritmo e poesia no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.