Casos de varíola dos macacos ultrapassam 3.400 em todo o mundo, diz OMS


Mais de 3.400 casos confirmados de varíola dos macacos e uma morte pela doença foram relatados à Organização Mundial da Saúde (OMS) até a última quarta-feira (22), sendo a maior parte deles na Europa.

Segundo a OMS em atualização nesta segunda-feira (27), desde 17 de junho, 1.310 novos diagnósticos foram relatados à agência, com oito novos países na lista dos afetados.

A monkeypox ainda não é uma emergência de saúde global, conforme decisão da OMS na semana passada, embora o diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus, tenha dito estar profundamente preocupado com o surto.

Até o momento, o Brasil já confirmou 17 casos. São onze em São Paulo, dois no Rio Grande do Sul e quatro no Rio de Janeiro. Outros dez casos seguem em investigação.

Do total de casos, cinco seriam autóctones, o que significa que houve transmissão local da doença. Dois deles no Rio de Janeiro e três em São Paulo.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Casos de varíola dos macacos ultrapassam 3.400 em todo o mundo, diz OMS no site CNN Brasil.