Polícia da África do Sul investiga morte de 22 jovens em balada


As autoridades da África do Sul estão investigando a morte de pelo menos 22 jovens encontrados dentro de uma taverna popular na cidade costeira de East London, disseram autoridades de saúde provinciais e a presidência neste domingo (26).

A emissora estatal SABC informou que as mortes resultaram de uma possível fuga por pessoas em pânico, mas foi escassa em detalhes. A causa exata da morte permanece desconhecida.

Os corpos serão transportados para necrotérios estaduais, onde espera-se que os parentes ajudem a identificar vítimas masculinas e femininas, disse Siyanda Manana, porta-voz do departamento de saúde da província de Eastern Cape.

“Vamos embarcar imediatamente em autópsias para que possamos saber a provável causa da morte”, disse ele à Reuters enquanto a equipe forense continuava seu trabalho no local do crime isolado na Taverna Enyobeni.

“Estamos falando de 22 corpos agora”, afirmou Manana, acrescentando que os testes toxicológicos faziam parte do exame.

Expressando suas condolências às famílias afetadas, o presidente Cyril Ramaphosa disse estar preocupado com as circunstâncias em que os jovens, potencialmente menores de 18 anos, foram autorizados a se reunir na taverna. Ramaphosa afirmou em comunicado que a lei deve seguir seu curso assim que as investigações terminarem.

“A responsabilidade está com os pais para que cuidem de seus filhos, está com a comunidade para dizer que não podemos permitir que nossos filhos morram”, disse Bheki Cele, o ministro da polícia nacional, a uma grande multidão no Scenery Park durante uma visita improvisada transmitida ao vivo pela televisão.

Uma garota de 17 anos, que só se identificou como “Lolly” e morava perto da taverna, disse à Reuters que o local era um ponto de encontro popular entre os adolescentes, mas a comunidade queria que ele fosse fechado após a tragédia.

“Todo mundo quer o local seja fechado porque eles vendem álcool para menores. Todo mundo está com raiva, todo mundo está triste por causa do que aconteceu”, ressaltou ela.

Mais cedo, o brigadeiro Tembinkosi Kinana disse que a polícia foi alertada por membros do público sobre o incidente no Scenery Park, a cerca de três quilômetros do centro da cidade.

“O que aconteceu pode ser equiparado a um massacre”, afirmou o prefeito de East London, Xola Pakati, em comunicado.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Polícia da África do Sul investiga morte de 22 jovens em balada no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.