Vírus experimental infecta iPhone mesmo se estiver desligado


Quando o iPhone é desligado, ele não fica 100% inativo. Alguns circuitos, como o transmissor Bluetooth, continuam energizados e funcionando – para que o recurso Find My, que permite localizar o smartphone, possa encontrá-lo mesmo se o aparelho estiver desligado.

Mas isso também pode expor o celular da Apple a problemas de segurança. Pesquisadores da Universidade Técnica de Darmstadt, na Alemanha, desenvolveram um vírus experimental (1) que explora uma falha no chip Bluetooth do iPhone e consegue infectar o aparelho mesmo se ele estiver desligado.

Isso não é uma ameaça imediata, pois o ataque requer que seja feito jailbreak (desbloqueio) no iPhone, o que não é simples de executar remotamente – e, no sistema operacional iOS 15, ainda nem é possível (só nos anteriores).

Mas pode se tornar uma realidade no futuro, e é difícil de corrigir: segundo os pesquisadores, trata-se de um problema no hardware, que não pode ser consertado por meio de atualizações do iOS.

Compartilhe essa matéria via:

Fonte 1.  Evil Never Sleeps: When Wireless Malware Stays On After Turning Off iPhones. J Classen e outros, 2022.

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.