Sete endereços imperdíveis para um café da manhã e brunch no Rio de Janeiro


Com sua cativante combinação entre vida urbana, praia e natureza, o Rio de Janeiro reserva cantinhos especiais para um café da manhã ou brunch a qualquer hora do dia.

Dos charmosos cafés com mesas ao ar livre a endereços que proporcionam uma vista de cartão-postal da cidade, selecionamos sete lugares na medida para saborear um café da manhã reforçado ou um almoço repleto de delícias matinais.

Onde tomar café da manhã ou brunch no Rio de Janeiro:

Café 18 do Forte

Dentro do Forte de Copacabana e com uma vista da orla de tirar o fôlego, o aprazível Café 18 do Forte também sobressai pela excelente cozinha. Quem está por trás da empreitada é o empresário Eduardo Araújo, sócio também dos bares Chanchada e Quartinho e do restaurante Pope.

Duas sugestões que valem muito a pena são os ovos mexidos trufados com aspargos e pão de fermentação natural (R$ 54) e o steak tartare, que leva quase vinte temperos com um ovo frito por cima (R$ 56).

Para bebericar, aposte no ótimo drinque “matutino” bloody and sea (R$ 42), versão do bloody mary incrementada com molho de ostra e finalizada com um camarão VG grelhado na borda do copo.

Forte de Copacabana: Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Copacabana / Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 19h, sendo que o café da manhã e o brunch são servidos entre 10h e 13h e 16h e 19h. Não aceita reservas e não abre às segundas-feiras. 

Nusa Café Brunch & Bistrô

Pequenino, charmoso e de atmosfera alto-astral, o Nusa Café Brunch & Bistrô aberto em Ipanema em 2020, virou destino de beldades cariocas graças ao cardápio com receitas na medida para um brunch a qualquer hora do dia.

Pode-se começar com os surpreendentes waffles de pão de queijo guarnecidos de guacamole (R$ 26) ou os ovos mexidos com espinafre (R$ 22). Outra tentação são os toasts, torradas de fatia de pão rústico ou brioche. Um dos mais pedidos é o que leva salmão curado, ovo poché, molho hollandaise e pasta de abacate.

Para acompanhar, há cremosos smoothies sem lactose, como o que leva blueberry, banana, amora e leite vegetal de aveia (R$ 26).

Rua Vinícius de Moraes, 129, Ipanema / Tel.: (21) 3228-3562 / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 07h30 às 18h30, e sábado e domingo, das 08h30 às 16h30. Não abre às segundas-feiras.

The Slow Bakery Leblon

Uma das padarias artesanais mais festejadas do Rio, a The Slow Bakery, chegou em abril ao Leblon – é a quarta unidade carioca do negócio criado em 2016 pelos sócios Rafa Brito e Ludmila Espíndola.

Pedida tentadora é o misto quente amanteigado prensado no pão sourdough com presunto e queijo meia cura da Serra da Mantiqueira (R$ 31). Completam o menu panelinhas com molho de tomate, ovo de gema mole e algo mais para molhar o pão (R$ 20 e R$ 25 cada uma), e os célebres croques gratinados com queijo artesanal. Um deles é o clássico francês croque madame (R$ 39), incrementado com molho bechamel, mostarda à l’ancienne e, claro, um brilhante ovo frito por cima.

Rua Conde Bernadotte, 26 (loja M), Leblon / Horário de funcionamento: terça a sábado, das 9h às 19h / Fábrica: Rua General Polidoro, 25,  Botafogo / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 8h às 20h e sábado, das 8h às 18h / Rua Maria Angélica, 113, Loja G, Jardim Botânico / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 9h às 19h e sábado, das 10h às 18h / Rua Visconde de Pirajá, 365b, Loja 4 – Galeria Fiamma, Ipanema – Fechada temporariamente / Não abre aos domingos e segundas-feiras. 

Empório Jardim

Com matriz no Jardim Botânico e filiais em Ipanema e no belíssimo Instituto Moreira Salles, no alto da Gávea, o Empório Jardim, casa da chef Paula Prandini, conquistou os cariocas com suas sugestões de café da manhã servidas durante todo o dia.

Numa cartela de papel, o próprio cliente marca o que quer pedir e entrega aos simpáticos atendentes. Algumas boas surpresas são o pão de queijo de gruyère (R$ 13,90, três unidades) e a manteiga caseira com toque de limão-siciliano (R$ 4,50) para passar no pão de fermentação natural (R$ 5,40).

Também faz bonito o croque-monsieur e o apetitoso ovo grego (R$ 28,90), – ovos poché servidos com molho de tomate, queijo de cabra, espinafre e tapenade de azeitona. Para beber, prove o ótimo suco detox, preparado com couve, água de coco, gengibre, limão e três gotinhas de tabasco (R$ 15,50).

Rua Visconde da Graça, 51, Jardim Botânico / Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 19h / Rua Maria Quitéria, 62, Ipanema / Horário de Funcionamento: todos os dias, das 8h às 19h/ Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea (dentro do Instituto Moreira Salles) / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 12h às 18h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.

Café do Alto

Em Santa Teresa, o Café do Alto faz sucesso com seu brunch de alma nordestina / Divulgação

No Largo dos Guimarães, no burburinho de Santa Teresa, o Café do Alto destaca-se pelo brunch de alma nordestina. São mais de trinta opções para comer e beber à vontade a R$ 70 por pessoa (crianças de 5 a 10 anos pagam metade).

Tem cuscuz de milho, queijo de coalho, macaxeira, batata-doce, banana-da-terra frita, ovos mexidos com carne-seca, milho cozido, dadinhos de tapioca, bolo de rolo, cartola, canjica, bolinho de estudante e muitas versões de mini tapioca. O brunch porreta é montado nas quintas e sextas-feiras, das 10h às 13h, e aos sábados e domingos, das 9h às 13h.

Rua Paschoal Carlos Magno, 143, Santa Teresa / Tel.: (21) 2507-3172 / Horário de funcionamento: quarta, das 12h às 16h, quinta e sexta, das 10h às 16h, sábado e domingo, das 9h às 17h. Não abre às segundas e terças-feiras. 

La Bicyclette

Com convidativas mesinhas espalhadas pela calçada, a matriz do La Bicyclette tem localização estratégica: fica bem ao lado do imperdível Jardim Botânico do Rio de Janeiro (e também em frente ao prédio da Central Globo de Jornalismo).

Melhor escolha até que os combos de café da manhã são os itens à la carte, disponíveis o dia todo. Mire a omelete de presunto royale e gruyère (R$ 38), o croissant de queijo minas e peito de peru, e os sanduíches no pão de leite, como o montmartre (R$ 34 o pequeno, e R$ 44 o maior), que leva queijo brie derretido, presunto de Parma e rúcula. No ano passado, a casa ganhou uma filial na Barra da Tijuca, na Avenida Érico Veríssimo.

Rua Pacheco Leão, 320, Jardim Botânico / Tel.: (21) 99531-5010 e Av. Érico Veríssimo, 970, Barra da Tijuca / Tel.: (21) 99635-5010 / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 8h30 às 21h, e sábado e domingo, das 8h30 às 20h. Não abre às segundas-feiras. 

Arp Bar

Arp, no Arpoador, tem o visual do Morro Dois Irmãos de fundo/ Divulgação

Que tal ocupar uma mesinha no calçadão do Arpoador diante de uma das vistas mais bonitas da cidade, com o Morro Dois Irmãos ao fundo e a praia de Ipanema em primeiro plano? Isso é possível no descolado Arp, bar de praia do hotel Arpoador.

Até o meio-dia, a casa serve um cardápio que lista delícias como o misto quente no brioche preparado com mix de queijos brasileiros (R$ 35). Outra pedida é a shakshuka (R$ 45), receita típica do Oriente Médio, que traz ovos escalfados em molho de tomate mais iogurte grego e pão de fermentação natural.

A partir das 13h, o menu muda e entram em cartaz sugestões a exemplo do sanduíche de pastrami artesanal no bagel (R$ 38).

Avenida Francisco Bhering, 50, Ipanema / Tel.: (21) 3600-4041 / Horário de funcionamento: todos os dias, das 7h às 22h. 

Fabio Wright

Fabio Wright é jornalista gastronômico e nome por trás do Taste and Fly / divulgação

Jornalista paulistano que transita semanalmente entre São Paulo e Rio, já escreveu sobre gastronomia para grandes veículos, como Veja São Paulo, O Estado de S. Paulo e Época São Paulo. Nos últimos dez anos, visitou dezoito países em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia. Compartilha também suas descobertas no site e Instagram Taste and Fly.


The post Sete endereços imperdíveis para um café da manhã e brunch no Rio de Janeiro appeared first on CNN Brasil V&G.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.