“De onde vêm as moedas”, se não dá para sacá-las no caixa eletrônico?


Do Banco do Brasil, que ajuda o Banco Central a distribuir suas moedas pelo país. 

Para arranjar troco, empresas de comércio precisam fazer uma solicitação à agência do banco onde mantêm suas contas. Essas instituições financeiras, por sua vez, falam com o Banco do Brasil para conseguir as moedas, e o valor é debitado das contas delas. 

Já para pessoas físicas, o BB tem 129 agências espalhadas pelo país com guichês de fornecimento de moedas (além de notas de 2 e 5 reais). Nem é preciso agendar visita: basta chegar e pedir. 

O Banco Central incentiva que qualquer comércio estimule seus clientes a repassar moedas para facilitar o troco. Até porque estima-se que 35% das moedas produzidas no país deixem de circular prematuramente. A universalização do Pix, de qualquer forma, tende a acabar com o estorvo monetário que as moedas representam.

  • Relacionadas

Pegunta de crisdarocha, via Instagram

Compartilhe essa matéria via:

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.