Câmara-RJ: Conselho de Ética ouve testemunhas do caso Gabriel Monteiro


O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ouviu, nesta terça-feira, mais duas testemunhas de defesa do vereador Gabriel Monteiro, investigado por quebra de decoro parlamentar.

O vereador é alvo de uma série de denúncias de assédio sexual, moral, estupro por ex-funcionários, além de manipulação envolvendo menores em situação de vulnerabilidade.

Uma das testemunhas, Rafael Murmura, que presta serviços de marketing para o parlamentar, afirmou ter recebido proposta de suborno para forjar provas contra o vereador. Segundo ele, o autor da oferta foi o ex-assessor e um dos denunciantes de Gabriel Monteiro, Vinícius Haeder, que morreu em um acidente de carro, no mês passado, três dias após ter prestado depoimento.

Também foi ouvido o ex-policial militar e ex-assessor de Gabriel Monteiro, Miquéias Arcênio. 

O relator do caso,  vereador Chico Alencar, afirmou que já há bastante elementos para o relatório. Chico Alencar informou ainda que vai pedir a prorrogação das investigações por mais 15 dias. A previsão é que a análise do parecer final e votação sejam realizadas no início de agosto, após o recesso parlamentar.
Na semana que vem, o conselho vai ouvir o delegado do caso, Maurício Armond, um policial militar e também o vereador Gabriel Monteiro, todos a pedido da sua defesa.

Política Rio de Janeiro 14/06/2022 – 21:13 Sheily Noleto / Beatriz Arcoverde Fabiana Sampaio – Repórter da Rádio Nacional Gabriel Monteiro terça-feira, 14 Junho, 2022 – 21:13 1:44


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.