Zinho relata problemas nos bastidores com Paulo Sousa no Flamengo: “Teve briga interna”


Comentarista citou que o elenco do clube teve problemas para se adaptar ao trabalho do português

Em debate no programa ESPN FC, Zinho analisou o atual momento de crise vivido pelo Flamengo. Chegando ao Brasil prometendo mudanças bruscas, Paulo Sousa deixou o Rubro-Negro de forma melancólica, algo que passou pelos métodos utilizados pelo técnico. Sendo assim, o comentarista destacou que os bastidores da equipe ficaram agitados, já que houve descontentamento e até mesmo brigas envolvendo o ex-comandante.

Além disso, Zinho questionou a utilização do telão instalado no Ninho do Urubu. Como o pedido foi uma exigência de Paulo Sousa logo no início da sua trajetória, Dorival Júnior pode acabar deixando a ferramenta de lado.

“O time está esculhambado, desorganizado, bagunçado e sem confiança. O Paulo Sousa, com três, quatro (defensores), A, B… trouxe um telão, e não sei se o Dorival vai aproveitar esse telão. Os jogadores não se adaptaram ao modelo de trabalho e gestão de grupo. Teve briga interna. Teve problema no vestiário, bico de jogadores com a postura do treinador, e ainda deixou um legado de não ter uma comissão técnica permanente. Mandou embora bons profissionais que tinha no Flamengo. Não tinha treinador para apitar o treino com a saída do Paulo Sousa. E ainda tem esse fantasma do Jorge Jesus“, afirmou.

MISSÃO DE DORIVAL JÚNIOR NO FLAMENGO

Recordando sua época na diretoria do Flamengo, Zinho exaltou a personalidade de Dorival Júnior, profissional contratado por ele em 2012. Com um estilo mais conversador, o técnico deve evitar chamar atenção para si, trabalhando em silêncio, mas contando com a responsabilidade dos jogadores para que o time consiga uma volta por cima na temporada.

A primeira passagem dele (Dorival) no Flamengo fui eu que o contratei. Ele não aparece tanto, não vai fazer coletiva trazendo tudo para ele, não é espalhafatoso, é um cara muito concentrado e equilibrado.. O Dorival é um cara competente. A responsabilidade está com os atletas. Não concordo com ofensas no aeroporto. Os jogadores também estão tristes porque perderam. Ficar xingando e ofendendo no aeroporto, eu não concordo! O Dorival tem que arrumar essa esculhambação que ficou, essa é responsabilidade dele. É fundamental os jogadores abraçarem ele. O Flamengo tem o melhor elenco (do Brasil). Quando engrena e vence, chega! Vai depender dos jogadores”, refletiu.

Zinho relata problemas nos bastidores com Paulo Sousa no Flamengo: “Teve briga interna”Torcedores – Notícias Esportivas.