Eduardo Leite anuncia pré-candidatura ao governo do RS, após renegar gaúchos


► A exemplo de Moro, no Paraná, ex-governador renegou os gaúchos

O ex-juiz Sergio Moro (União) fez escola no Rio Grande do Sul.

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (13/06) que será pré-candidato ao Palácio Piratini, sede do governo estadual.

A exemplo de Moro, que renegou os paranaenses, Leite também o fez com os gaúchos.

O ex-governador tucano renunciou ao mandato para buscar de um cargo maior, o de presidente, mas foi preterido pelo partido e pelos eleitores.

Em novembro de 2021, o PSDB escolheu o ex-governador João Doria nas prévias presidenciais. Porém, ele fora devorado pelo ninho em prol de Simone Tebet, do MDB.

O ex-juiz da Lava Jato, idem, abandonou o Paraná, que lhe projetou politicamente, para se alistar no colégio eleitoral de São Paulo. No entanto, o Tribunal Regional Eleitoral paulista proibiu a transferência do domicílio.

De volta para Curitiba, agora Moro tentará uma vaga ou ao Senado ou à Câmara.

Se Leite anunciou hoje, que concorrerá ao governo do RS, Moro deixou para fazê-lo nesta terça (14/06).

Apesar do foguetório em torno do Senado, o Blog do Esmael aposta que o cacife do ex-juiz foi reduzido à Câmara.

O ex-procurador Deltan Dallagon (PODE) colocou a barba de molho.

Em tempo: Sergio Moro não conseguiu eleger na capital paranaense um vereador, que ele apoiou na eleição de 2020.

Notícias Verdadeiras, o post %% POSTLINK %% apareceu primeiro no Blog do Esmael.