Atlético-MG pode demitir Turco se perder do Ceará? Diretor responde


Técnico do Atlético convive com as críticas da torcida, que pede sua saída após resultados e atuações ruins da equipe

Os próximos jogos serão fundamentais para definir o futuro de Turco Mohamed no Atlético. Sem vencer há três partidas no Brasileirão, o Galo está fora do G4 e vê o Palmeiras abrir vantagem na liderança. Além dos resultados, o clube está preocupado com o desempenho abaixo do esperado, principalmente diante do Fluminense.

Nesta segunda, Rodrigo Caetano convocou uma entrevista coletiva. Apesar da pressão externa, garantiu a continuidade no técnico. Na sequência, foi questionado se os planos da diretoria podem mudar em caso de uma derrota para o Ceará, quarta, no Castelão.

Inicialmente, o executivo alegou que trabalha apenas com o cenário de vitória na capital cearense. No entanto, admitiu que não sabe o que pode acontecer se o resultado for outro.

“Por mais que a gente trabalhe com vários cenários, a gente tenta projetar sempre o melhor cenário, que é ir lá e vencer, ter o melhor desempenho. Prefiro, publicamente, trabalhar com o cenário que vamos fazer um grande jogo, vencer lá, depois encher o Mineirão e vencer o Flamengo. Muito difícil fazer um prognóstico em caso de derrota. Não quero pensar nisso. A gente sempre trabalha internamente com vários cenários, mas não quero pensar nessa possibilidade por agora”, disse.

No sábado, o Atlético perdeu dois pontos que pareciam garantidos, principalmente quando o Santos teve um jogador expulso. Apesar da superioridade numérica, o que se viu foi o adversário encurralando o Galo, martelando e por pouco não conseguiu a vitória. Não fosse Everson e a trave, o resultado seria ainda mais indigesto. No apito final, muitas vaias da torcida e cobranças pela saída do treinador.

Mudanças contra o Ceará

Sem vencer há três partidas no Brasileirão, o Atlético mira o jogo contra o Ceará, marcado para a próxima quarta-feira (15), às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, pela 12ª rodada do Brasileirão. Depois de um empate amargo em casa, no sábado, o Galo sabe que precisa reagir.

Para esta partida, o Atlético terá ao menos três modificações na equipe. Nathan Silva, que cumpriu suspensão diante do Santos, fica novamente à disposição. A ver na vaga de quem ele retornará, uma vez que Junior Alonso vem de uma dura sequência e pode ganhar um descanso. Assim, Igor Rabello fica de sobreaviso.

No meio está a grande preocupação. A dupla titular formada por Allan e Jair recebeu o terceiro cartão amarelo e fica de fora. A tendência é que uma das vagas seja ocupada por Otávio. Guilherme Castilho, Neto e Calebe são as demais alternativas.

“Difícil até arrumar palavras para explicar. Jogo controlado, principalmente depois da expulsão. A gente poderia ter feito gol até mesmo na falta da expulsão, que poderia ter definido o jogo. Depois ficou esse jogo maluco, aberto, principalmente depois do pênalti, onde tentamos propor uma pressão, mas ficamos muito expostos. Jogadores muito rápido”, avaliou Réver.

Clique aqui e leia mais notícias mais sobre o Brasileirão da Série A

Atlético-MG pode demitir Turco se perder do Ceará? Diretor respondeTorcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.