União Brasil abandona Garcia em SP por “falta de alinhamento” com PSDB


O deputado federal Júnior Bozzella, vice-presidente do diretório estadual do União Brasil em São Paulo, confirmou neste neste domingo (12) em entrevista à CNN que o partido não apoiará a pré-candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB).

Segundo o parlamentar, a decisão se deu por “falta de alinhamento nacional com o PSDB” em algumas pautas prioritárias para o União, como o liberalismo econômico e a defesa do imposto único. “Nada em particular com o Garcia, mas com o rearranjo nacional”, explicou o deputado.

Ao ser questionado sobre a possibilidade da legenda fazer palanque ao postulante do PT ao governo de SP, Fernando Haddad, ou ao candidato de Jair Bolsonaro (PL) no Estado, o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), Bozzella desconversou. “Os candidatos abertos a esse debate e que quiserem convergir com a pauta do União Brasil serão bem-vindos”, afirmou.

Futuro político de Moro

Júnior Bozzella ainda comentou sobre o futuro político do ex-juiz Sergio Moro, que saiu do Podemos, onde era o pré-candidato à Presidência da República, para o União Brasil. No novo partido, Moro flertou com a disputa pelo Senado por São Paulo, mas sofreu um revés na Justiça por causa da transferência de seu domicílio eleitoral.

O deputado afirma que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública tem o “livre-arbítrio de fazer a discussão que ele achar mais pertinente dentro de seu plano e carreira”, seja para o Senado pelo Paraná ou pela Câmara dos Deputados. “Ele tem todo o nosso respaldo para que possa pavimentar o seu caminho. Tanto em SP como no Paraná, eu acho que ele deve perseguir uma vaga na Câmara Federal. Com isso, ele vai poder ser campeão e votos e não vai se submeter ao sistema, não vai precisar ficar ajoelhado a nada ou ninguém”, sugeriu.

Assista ao debate completo no vídeo acima

Este conteúdo foi originalmente publicado em União Brasil abandona Garcia em SP por “falta de alinhamento” com PSDB no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.