Frio leva pessoas em situação de rua a se abrigar no Metrô de São Paulo


Com a previsão de baixas temperaturas no estado de São Paulo, o governo paulista decidiu reabrir a estação Pedro II do Metrô, na Linha 3-Vermelha, para abrigar pessoas em situação de rua desde sábado (11), em nova etapa da ação “Noites Solidárias”. Na última noite, 21 pessoas foram acolhidas no local, sendo 18 homens e três mulheres.

O acolhimento está previsto para acontecer, inicialmente, até a segunda-feira (13), começando às 19h e se estendendo até as 8h do dia seguinte, com distribuição de colchões, cobertores, kits de higiene e refeições.

A iniciativa mantém o mesmo formato da ação anterior, realizada entre 17 e 20 de maio e que abrigou 179 pessoas no total: capacidade para abrigar 100 pessoas por noite nas dependências da estação Pedro II do Metrô e o fornecimento de jantar às pessoas por meio de uma unidade do programa Bom Prato Móvel. Na manhã seguinte, os abrigados são encaminhados à unidade 25 de Março do Bom Prato para o café da manhã.

O tempo mais aberto durante a madrugada, com poucas nuvens, proporcionou condições favoráveis para que as temperaturas ficassem mais baixas e intensificasse a sensação de frio, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura de São Paulo. Em média, os termômetros registraram 9,9°C, sendo que os menores valores absolutos foram aferidos no extremo sul da capital.

As estações meteorológicas do CGE anotaram 5,9°C em Engenheiro Marsilac e 6,1°C em Capela do Socorro e Parelheiros. A máxima não deve superar os 17°C e a sensação de frio se mantém no decorrer do dia.

Previsão de mais frio

Segundo o CGE, a temperatura mínima deve chegar a 10ºC durante a próxima madrugada e a Defesa Civil Municipal mantém estado de alerta para baixas temperaturas para toda cidade. A previsão aponta que o ar frio polar só começa a perder força a partir da próxima quinta-feira (16), quando as temperaturas começam a aumentar.

A segunda-feira (13) deve começar com poucas nuvens, vento de sudeste e termômetros na casa dos 7°C, sendo que, nas regiões mais periféricas e próximas do extremo sul da cidade, o frio será mais intenso. As temperaturas máximas não deverão superar 16°C.

A madrugada de terça-feira (14) ainda será gelada, segundo o CGE. Os termômetros devem registrar em média 10°C, mas os ventos de sudeste potencializam a sensação de frio. O sol deve predominar ao longo do dia, mas as temperaturas máximas não devem passar dos 16°C.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Frio leva pessoas em situação de rua a se abrigar no Metrô de São Paulo no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.