Milton Neves detona Turco no Atlético-MG e indica técnico ideal


Jornalista está ressabiado com o trabalho do treinador argentino, principalmente após a goleada no meio de semana para o Fluminense

Torcedor do Atlético, Milton Neves não está nada satisfeito com Turco Mohamed à frente da equipe. Apesar de vivo em todas as competições, a impressão para muitos é que a herança deixada por Cuca parece estar definhando nas mãos do comandante argentino.

No meio de semana, o 5 a 3 para o Fluminense deixou o atleticano irritado, pedindo insistentemente a queda do treinador. Na Rádio Bandeirantes, Milton diz que o Galo está devendo muito em termos de futebol apresentado. Assim como grande parte da torcida, está com ‘saudades’ de Cuca, indicando que ele poderia recolocar o time nos eixos.

“O Atlético precisa de três coisas nessa partida contra o Santos, que é ganhar, ganhar e ganhar, pois ele não está jogando porcaria nenhuma. O Cuca tá fazendo uma falta danada, a torcida está com a crista baixa e a coisa não tem aquele movimento do ano passado que levou o Galo ao título brasileiro.

Neste sábado, o Atlético enfrenta o Santos, às 19h (de Brasília), no estádio do Mineirão, pela 11ª rodada do Brasileirão. Na tabela de classificação, o Galo é o quarto colocado com 16. Milton aposta na vitória do time mineiro.

“O Santos vai perder. O time foi roubado outro dia, molecada maravilhosa do Santos, mas eles não irão aguentar o Galo. Aliás, Vai ser 1 a 0 para o Galo”, concluiu.

Sabia dessa? Sampaoli pediu Ibra no Galo

Sérgio Sette Câmara, ex-presidente do Atlético contou bastidores da passagem de Jorge Sampaoli pelo Galo. Famoso por pedir muitas contratações no clube que assume, o argentino fez algumas pedidas ‘fora da curva’ para a direção alvinegra.

Em entrevista à Web Rádio Galo, Sette Câmara revela que Ibrahimović, astro sueco e atualmente no Milan estava na lista de reforços de Sampaoli.

“Esse time do Atlético foi montado nesse último ano que eu estava lá, grande parte dele, não todo, ele [Sampaoli] e o Mattos que discutiam. Ele fazia os pleitos, o Mattos olhava, discutia junto com o Renato [Salvador] e o próprio Rafael [Menin], além de mim, claro. A gente via o que cabia, pois tinha alguns pedidos que não tinha condição. Aquele jogador do rabo de cavalo, sueco, o Ibrahimović. Chegou a falar isso com o Mattos. Mas aqui, vou te falar um negócio. Futebol tem que pensar grande”, afirma Sette Câmara.

“Eu não consegui montar um time durante um período, sem os 4 Rs, pois não tinha dinheiro. Vou fazer o que? ‘Ah, mas você trouxe o Maicon Bolt’. Tudo bem, mas também veio o Emerson, que nós trouxemos por 4 milhões e pouco e vendemos por 50 e tantos milhões em nove meses”, completou o ex-presidente.

Clique aqui e leia mais notícias mais sobre o Atlético.

Milton Neves detona Turco no Atlético-MG e indica técnico idealTorcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.