Jornalista faz alerta ao Flamengo e ‘crava’ campeão brasileiro: “Pode comemorar”


O Brasileirão da Série A ainda está em sua décima rodada

O Campeonato Brasileiro da primeira divisão ainda está em seu início. A competição está bastante acirrada neste ano. Mas, para o jornalista Milton Neves, o Palmeiras é o grande favorito ao título nacional. O jornalista faz alerta a Flamengo e Atlético-MG, que, para ele estão atrás na disputa.

Sobre o Atlético-MG, ele diz, em seu blog no UOL Esporte, que o Galo não é confiável. Ele também criticou a escolha de Turco Mohamed como técnico. Para ele, o clube mineiro vai conseguir títulos em competições de mata-mata.

O jornalista faz alerta ao Flamengo, que precisa melhorar na competição. Segundo ele, se Dorival Jr não conseguir colocar o time na linha, o Mengão vai sofrer durante a competição.

Mas, o jornalista faz alerta ao Palmeiras também. Mesmo o colocando como praticamente campeão do Brasileirão, ele diz que é preciso ter cuidado com o Flamengo, já que o clube carioca tem um bom elenco.

Mas, ele diz que se Dorival Junior não ‘der jeito’ ao Flamengo, o clube paulista ‘já pode comemorar o título do Brasileirão’.

“E a chegada do técnico à Gávea é agora a última chance de alguém tirar a taça do Brasileiro do Palmeiras. Se nem Dorival der jeito na ótima equipe do Mengão, o Palmeiras já pode até comemorar”, disse.

Dorival Jr, novo técnico do Flamengo teve passagens por outros grandes do Brasileirão

O treinador de 59 anos iniciou a carreira na Ferroviária em 2002. Em 2003, começou a trabalhar pelo sul do país e dirigiu clubes como Figueirense, Criciúma, Avaí e Juventude. Em 2006, assumiu o Sport, mas logo saiu para comandar o São Caetano. Foi vice-campeão do Paulistão com o clube clube e foi para o Cruzeiro em 2007. Terminou o ano com moral no clube, mas em 2008 foi para o Coritiba.

Em 2009, levou o Vasco da Gama ao título da Série B. Em 2010, assumiu o Santos e fez um dos principais trabalhos de sua carreira, conquistando Paulista e a Copa do Brasil com um time que tinha Robinho, Neymar, Paulo Henrique Ganso e outros. Ele deixou o clube, mas continuou comandando gigantes do futebol brasileiro. Em 2011 passou pelo Atlético-MG e Internacional. Em 2012, assinou com o Flamengo, saiu e foi para o Vasco da Gama. Em 2013, foi para o Fluminense.

Em 2014, dirigiu o Palmeiras para ajudar o time a evitar o rebaixamento. Ele voltou ao Santos em 2015 e ficou no clube por dois anos e meio antes de sair em 2017. No mesmo ano foi para São Paulo, onde ficou até 2018. Ele foi para o Flamengo no final do mesmo ano, mas saiu, voltando a trabalhar em um time em 2020, quando assumiu o comando do Athletico Paranaense. Voltou ao mercado em 2022, para comandar o Ceará. Fez campanha histórica na fase de grupos da Sul-Americana, com seis jogos e seis vitórias, e vinha em campanha de recuperação no Brasileirão.

Jornalista faz alerta ao Flamengo e ‘crava’ campeão brasileiro: “Pode comemorar”Torcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.