Arana projeta confronto contra o Santos pelo Brasileirão e manda recado


Atlético-MG e Santos se enfrentam na próxima rodada do Brasileirão Série A

O Galo perdeu para o Fluminense na última partida do time no Campeonato Brasileiro. Agora, o clube mineiro precisa se recuperar na competição. Amanhã, o Galo encara o Santos. Em entrevista Coletiva, Arana pregou respeito ao Peixe, mas disse que o Atlético precisa da vitória.

A atenção é a mesma. Camisa pesada, grande que é a do Santos, temos que respeitar. Estaremos na nossa casa, faremos o nosso papel. Colher as informações que o nosso professor irá passar, e a comissão também. Entrar amanhã sabendo o que fazer para desempenhar um excelente jogo“, disse.

Arana também entende que o Atlético-MG também precisa melhorar no Brasileirão. O clube vem oscilando na competição.

Estamos oscilando. Mas não é para desesperar. Claro que temos algumas coisas de ajustes. Estamos trabalhando nisso. Queremos a vitória, dar alegria para a torcida. É o que a gente almeja. A gente sempre quer entrar para a história do clube, continuar escrevendo essa história bonita. E voltar da melhor forma possível”, disse.

Por fim, Arana falou sobre as suas constantes participações com a seleção Brasileira. O jogador retorna depois de defender o Brasil nos jogos contra Coreia do Sul e Japão.

Feliz demais de retornar ao Japão, fui campeão olímpico lá, feliz demais pela oportunidade de representar meu país. A questão da forma física, estou bem, preparado para o próximo jogo. Quarta era impossível. Peguei 30 horas de voo. Então, até brinquei, não sou de ferro. Queria ajudar os companheiros, melhor eu descansar na quarta e poder estar 100% contra o Santos agora“, finalizou.

Godin pode deixar o Atlético-MG rumo ao futebol argentino

A pedido do seu compatriota, o uruguaio Alexsander “Cacique” Medina, Godin negocia sua ida ao Vélez Sarsfield. Sabedor disso, o Atlético-MG prometeu não fazer jogo duro para liberar o jogador em definitivo. Contratado como substituto de Júnior Alonso, o Uruguaio não caiu nas graças de Turco Mohamed e pouco conseguiu minutagem no elenco do Galo. Sua saída também pode ser um ponto de problema a menos para o Atlético-MG que tem excesso de estrangeiros no seu elenco e deve ganhar mais um no meio do ano, Pavon, que está chegando do Boca Juniors.

Arana projeta confronto contra o Santos pelo Brasileirão e manda recadoTorcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.