Agente confirma procura do Atlético-MG por atacante brasileiro


Direção do Atlético mapeia algumas possibilidades no mercado para o segundo semestre; duas já estão engatilhadas

O Atlético já tem algumas contratações encaminhadas para o restante de 2022. De olho na Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão, o Galo entende ser necessário reforçar alguns setores que carecem de novas alternativas. O atacante Pavón e o zagueiro Jemerson, ambos livres no mercado, possuem tratativas avançadas.

Um terceiro reforço pode ser Pedrinho, ex-Corinthians e atuamente no Shakhtar Donetsk. Devido aos problemas no Leste Europeu, o futuro de muitos jogadores que atuam na Ucrânia estão em aberto. O jogador de 24 anos não atua desde o início do ano.

Segundo o jornalista Jorge Nicola, a estratégia do Atlético é convencer o Shakhtar a emprestar o meia-atacante por uma temporada, com a obrigação de compra. O interesse do Galo pelo jogador foi confirmado pelo seu empresário Will Dantas, em entrevista ao canal do apresentador Benjamin Back.

O Atlético, porém, não é o único interessado. Wolverhampton, Milan, Ajax e até o Atlético de Madrid fizeram sondagem. De acordo com Dantas, há uma oferta alta do mundo árabe e agora tudo está nas mãos de Pedrinho.

Sabia dessa? Sampaoli pediu Ibra no Galo

Sérgio Sette Câmara, ex-presidente do Atlético contou os bastidores da passagem de Jorge Sampaoli pelo Galo. Famoso por pedir muitas contratações no clube que assume, o argentino fez algumas pedidas ‘fora da curva’ para a direção alvinegra.

Em entrevista à Web Rádio Galo, Sette Câmara revela que Ibrahimović, astro sueco e atualmente no Milan estava na lista de reforços de Sampaoli.

“Esse time do Atlético foi montado nesse último ano que eu estava lá, grande parte dele, não todo, ele [Sampaoli] e o Mattos que discutiam. Ele fazia os pleitos, o Mattos olhava, discutia junto com o Renato [Salvador] e o próprio Rafael [Menin], além de mim, claro. A gente via o que cabia, pois tinha alguns pedidos que não tinha condição. Aquele jogador do rabo de cavalo, sueco, o Ibrahimović. Chegou a falar isso com o Mattos. Mas aqui, vou te falar um negócio. Futebol tem que pensar grande”, afirma Sette Câmara.

“Eu não consegui montar um time durante um período, sem os 4 Rs, pois não tinha dinheiro. Vou fazer o que? ‘Ah, mas você trouxe o Maicon Bolt’. Tudo bem, mas também veio o Emerson, que nós trouxemos por 4 milhões e pouco e vendemos por 50 e tantos milhões em nove meses”, completou o ex-presidente.

Clique aqui e leia mais notícias mais sobre o Atlético.

Agente confirma procura do Atlético-MG por atacante brasileiroTorcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.