Torcida do Atlético detona quatro jogadores após goleada; veja os nomes


No Rio, Atlético é goleado pelo Fluminense, no Brasileirão, e gera revolta entre os torcedores

O Atlético foi derrotado pelo Fluminense por 5 a 3, em jogo realizado nesta quarta, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma noite em que o setor defensivo da equipe se mostrou muito frágil e pouco combativo. Hulk, Jair e Eduardo Sasha foram os autores dos gols alvinegros.

Com o resultado, o Atlético perde a chance de assumir a liderança da Série A. Neste momento, é o quarto colocado com 16 pontos. Na saída do gramado, Hulk não escondeu a irritação pelo
placar elástico.

“Muitas coisas precisam ser concertadas e alinhadas. Não é normal num jogo tão grande como esse tomar cinco gols. Quando falo isso não é culpando nossa defesa, mas o coletivo geral. Começando por mim ali na frente. Nós não podemos tomar cinco gols. Isso é inadmissível. Mas futebol é isso, temos que viver pra aprender. E os inteligentes são aqueles que aprendem com os erros. Temos que dar a volta, pra que isso não aconteça mais. Tomar cinco gols é inaceitável”, disse Hulk.

Durante e após a partida, torcedores do Atlético ficaram inconformados com o excesso de erros, principalmente na defesa. Entre os mais citados estavam Nathan Silva, Jair, Ademir e Mariano.

Veja a repercussão

Tabela

Com o resultado, o Galo perdeu a chance de assumir a liderança e perdeu uma posição – agora é o quarto colocado, com 16 pontos. O Fluminense, por sua vez, subiu seis posições, e agora é o sétimo, com 14 pontos. Se afastou da zona de rebaixamento e se aproximou do G-4.

Agenda

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado às 19h. O Fluminense terá pela frente o Atlético-GO, no Maracanã. Enquanto o Atlético-MG vai receber o Santos, no Mineirão.

Reforço na defesa

Com a iminente saída de Godín, que será jogador do Vélez Sarsfield, o Atlético já vasculha alternativas e definiu um alvo. Livre no mercado, Jemerson tem conversas avançadas e possivelmente será jogador alvinegro a partir de julho. Segundo o ge.com, as negociações estão encaminhadas.

Recentemente, Jemerson deixou o Metz, da França, e desde então está sem clube. A princípio, o desejo do defensor é voltar ao futebol brasileiro. Revelado na base atleticana, seu nome conta com grande aprovação dos torcedores nas redes sociais.

Além de Jemerson, mas para o ataque, Pavón é mais um que vestirá o manto do Atlético na metade do ano.

Sabia dessa? Sampaoli pediu Ibra no Galo

Sérgio Sette Câmara, ex-presidente do Atlético contou bastidores da passagem de Jorge Sampaoli pelo Galo. Famoso por pedir muitas contratações no clube que assume, o argentino fez algumas pedidas ‘fora da curva’ para a direção alvinegra.

Em entrevista à Web Rádio Galo, Sette Câmara revela que Ibrahimović, astro sueco e atualmente no Milan estava na lista de reforços de Sampaoli.

“Esse time do Atlético foi montado nesse último ano que eu estava lá, grande parte dele, não todo, ele [Sampaoli] e o Mattos que discutiam. Ele fazia os pleitos, o Mattos olhava, discutia junto com o Renato [Salvador] e o próprio Rafael [Menin], além de mim, claro. A gente via o que cabia, pois tinha alguns pedidos que não tinha condição. Aquele jogador do rabo de cavalo, sueco, o Ibrahimović. Chegou a falar isso com o Mattos. Mas aqui, vou te falar um negócio. Futebol tem que pensar grande”, afirma Sette Câmara.

“Eu não consegui montar um time durante um período, sem os 4 Rs, pois não tinha dinheiro. Vou fazer o que? ‘Ah, mas você trouxe o Maicon Bolt’. Tudo bem, mas também veio o Emerson, que nós trouxemos por 4 milhões e pouco e vendemos por 50 e tantos milhões em nove meses”, completou o ex-presidente.

Torcida do Atlético detona quatro jogadores após goleada; veja os nomesTorcedores – Notícias Esportivas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.