Guia Campos do Jordão: o que fazer e onde comer na cidade serrana


Entra ano, sai ano e Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, permanece como um dos destinos  mais procurados durante o inverno, seja para um fim de semana, um feriado prolongado ou as esperadas férias escolares em julho.

A cidade, apelidada pelos turistas de “Suíça brasileira”, fica lotada durante o inverno e a rede hoteleira costuma ter 100% de ocupação na maioria dos fins de semana. Confira nesta matéria da CNN Viagem & Gastronomia as principais dicas para hospedagem.

Apesar de ser famosa pelo frio mais rigoroso entre junho e agosto, Campos está a 1.628 metros de altitude e é o município mais alto do Brasil, ou seja, as temperaturas são amenas durante todos os meses.

Com diversas possibilidades de passeios, natureza exuberante e clima propício para uma fondue acompanhada de um bom vinho (ou uma boa cerveja, a escolha é sua!), confira o que fazer na charmosa cidade na Serra da Mantiqueira.

Confira pontos para visitar em Campos do Jordão:

Vila Capivari (centro turístico)

O charmoso centrinho turístico da cidade é mais conhecido como Vila Capivari. Com arquitetura que remete aos países nórdicos da Europa, é repleta de bares, como o famoso Baden Baden, e restaurantes. Além disso, por lá os visitantes encontram as clássicas lojas de malhas, diversas lojinhas e chocolatarias locais, como a Chocolate Montanhês e a Bruno Alves.

Parque da Cerveja Campos do Jordão 

Parque da Cerveja Campos do Jordão / Divulgação

Entre as montanhas mais altas da Serra da Mantiqueira e cercado por belíssimas Araucárias, o Parque da Cerveja promete uma gastronomia cervejeira exclusiva e a fábrica que dá vida à Cerveja Campos do Jordão, com atrações para toda a família. O bar localizado no mirante do Parque da Cerveja Campos do Jordão possui vista 180º das paisagens do local, com 140m de altura.

O local funciona das 10h às 17h. Há opção de visitas guiadas com degustação. Os detalhes, como valores e atividades, podem ser encontrados no site oficial.

Parque Capivari

O Parque Capivari é um dos lugares mais visitados de Campos. É nele que o turista pode passear no famoso teleférico – no momento, o teleférico está em fase de remodelação, ainda sem previsão de funcionamento. O trajeto, entre a cidade e o alto do Morro do Elefante, oferece vista panorâmica do município.

O parque passou por uma revitalização de sua estrutura de gastronomia e lazer. Ali, também tem a famosa Roda Gigante e pedalinhos. A entrada no parque é gratuita, mas as atrações são pagas à parte. Confira os valores no site.

Teleférico do Parque Capivari foi inaugurado em 1970/ Divulgação

Passeio de bondinho

Passeio pela estrada de ferro de Campos do Jordão no bondinho é muito procurado por famílias com crianças / Luís Felipe Rodrigues

Outro tradicional passeio da cidade é Bondinho pela Estrada de Ferro, inaugurada em 1914. O passeio turístico acontece desde 1970 e leva grupos para conhecerem calmamente as belas paisagens da região. São diferentes horários e tarifas.

É possível comprar passagens diretamente nas estações de Campos do Jordão e Pindamonhangaba com dinheiro ou cartão de crédito. A venda de bilhetes acontece até meia hora antes do fechamento das estações. Mais informações podem ser consultadas neste link.

Parque Amantikir

Parque Amantikir tem mais de 20 jardins, preenchidos com mais de 700 espécies de vários países. Labirinto é um dos pontos famosos do local / Reprodução Facebook

Visitado por milhares de turistas anualmente, o Parque Amantikir é rodeado por um extenso gramado, flores e lagos. É nele em que está localizado o maior labirinto de grama do Brasil.

São cerca de 20 jardins, preenchidos com mais de 700 espécies de vários países, como Austrália, Alemanha, Inglaterra e Japão ao longo dos 60.000m². Abre todos os dias, das 9h às 16h e é pet friendly. Os ingressos podem ser comprados na hora e partem de R$ 30 (meia-entrada).

Museu Felícia Leirner

O Museu Felícia Leirner fica em uma área de mata com 35 mil m² e reúne um conjunto de 85 obras de bronze, cimento branco e granito da artista Felícia Leirner, distribuídas ao ar livre, no jardim do espaço que divide com o Auditório Claudio Santoro, sede do Festival Internacional de Inverno.

As obras dispostas no jardim seguem o critério da própria artista: estão agrupadas pelas fases de sua trajetória. São elas: figurativa (1950-1958), a caminho da abstração (1958-1961), abstrata (1963-1965), orgânica (1966-1970) e recortes na paisagem (1980-1982).

Museu Felícia Leirner traz obras da artista a céu aberto em Campos do Jordão / Site oficial

Parque Estadual Campos do Jordão (Horto Florestal)

Horto Florestal Campos do Jordão / Sérgio Biagioni/PMCJ

O Parque Estadual de Campos do Jordão, conhecido regionalmente como Horto Florestal, foi criado em 1941 e é destino certeiro para quem ama caminhadas. Algumas trilhas leves estão disponíveis, como uma leva até uma cachoeira ou outra que acompanha as correntezas do rio Sapucaí. Por lá também é possível alugar bicicletas, ir em tirolesas ou praticar arborismo (valores cobrados à parte do ingresso do parque). O espaço fica aberto diariamente, das 9h às 18h.

Tarundu

Tarundu é um espaço com mais de 25 atrações de lazer em uma área de 500.000 m² de mata preservada. As atividades vão desde patinação no gelo, tirolesas com 800m de extensão e 60m de altura, passeios a cavalo, pônei, charrete, arco e flecha, orbit ball, tiro esportivo, boia cross, entre outros, ótimos para quem gosta de emoção.

No espaço tem restaurante, área com redes de descanso e atrações para as crianças pequenas. É necessário comprar o ingresso para entrar no parque e cada atração é cobrada à parte, valores disponíveis no site. O Tarundu abre todos os dias, das 9h às 17h.

Fazendinha Toriba

Fazendinha Toriba / Anderson_anderson@andersontimoteo.com

São 300 mil m² de lindos bosques com vegetação nativa, riacho, lagos e tanque com trutas, patos e gansos, horta, quiosque para lanches e área para piquenique. A grande atração fica por conta da total interação com animais como galinhas, patos, gansos, porquinhos da índia, ovelhas, pôneis e a vaca Celinha. Funciona todos os dias, das 9h às 16h. Consulte os valores no site oficial, clique aqui.

Trilhas, Quadriciclo e Andar a Cavalo

Campos do Jordão também é uma ótima cidade para quem gosta de aventura e esportes em contato com a natureza. São inúmera trilhas, muitas ideais para fazer de bicicleta, além de caminhos para passear de cavalo e quadriciclo.

Onde comer em Campos do Jordão

Ludwig Restaurant

O Ludwig é um dos mais conhecidos restaurantes da cidade. O prato principal da casa é fondue –  o clássico é o Savoyarde, que leva mix de queijos e acompanha batata cozida, brócolis e cubos de pão italiano. O menu é bem variado, que vai da boa sopa de cebola até massas, carnes, peixes e frutos do mar. 

fondue ludwig campos do jordao
Fondue do restaurante Ludwig é um dos mais conhecidos da cidade / Reprodução/Instagram

Rua Aristides de Souza Mello, 50 – Capivari – Campos do Jordão – SP / Tel.: (12) 3663-5111 / Horário de funcionamento: domingo a quinta, das 12h às 22h, sexta e sábado, das 12h às 24h.

Café Terraço

Café Terraço oferece feijoada aos sábados no almoço / Reprodução Facebook

Café Terraço fica localizado em uma área verde, com um lago a sua porta, playground para crianças e estacionamento, o restaurante oferece pizzas no jantar e funciona como bistrô no almoço com uma seleção de pratos elaborados pelo chef Augusto Berthoud, que aos sábados capricha na feijoada que ganhou fama na casa.

Rua Engenheiro Gustavo Kaiser, 855 – Vila Natal – Campos do Jordão / Tel.: (12) 3662-4723/ Horário de funcionamento: almoço apenas aos finais de semana e feriados, das 12h às 16h, e jantar, de terça a domingo e feriados, das 19h às 23h50. 

Dois Rios

De Patrícia e Carlos Bettencourt, o restaurante Dois Rios está localizado em uma casa em Campos do Jordão com um belo jardim. Leva este nome porque o terreno e a casa estão ladeados pelo Rio Fojo repleto de Trutas e pelo Sapucaí Guaçu.

O menu traz delícias típicas portuguesas e diversos tipos de peixes, como o robalo em crosta de amêndoas ao molho de shitake com purê de mandioquinha. A sobremesa mais famosa é encharcada de fios de ovos. 

O Dois Rios Restaurante está localizado no caminho do Horto Florestal, em Campos do Jordão / Reprodução Facebook

Avenida Pedro Paulo, 3275 – Descansópolis – Campos do Jordão / Tel.: (12) 3663-4772 / Horário de funcionamento: terça a sexta, das 12h às 15h, sábado e domingo, das 12h às 16h e das 19h às 22h. 

La Cucina Della Donatella

Localizado na Hípica Golf de Campos do Jordão, o La Cucina Della Donatella nasceu em 1999. Originária do Veneto, Donatella começou a preparar lasanhas com a receita de sua mãe e de sua sogra para visitantes e clientes da Hípica. O sucesso foi tanto que hoje são especializados em diversos tipos de massas artesanais. Se você procura um ambiente agradável e uma boa massa fresquinha feita à mão, lá é o lugar.

Pasta artesanal ao pesto da La Cucina Della Donatella, em Campos do Jordão / Tina Bini

Rua das Glicinias / Tel.: (12) 98212-2120 / Horário de funcionamento: sexta a domingo, das 12h às 17h. 

Dona Chica

O restaurante Dona Chica fica dentro do Horto Florestal da cidade. O chef e proprietário Anderson Oliveira considera que ter um restaurante dentro de uma reserva ambiental é uma forma de educação, ativação da agricultura familiar e encadeamento produtivo. O restaurante rejeita produtos industrializados e prestigia produtos da Mantiqueira visando fortalecer a economia local.

Leitão à pururuca do Dona Chica Restaurante / Henrique Rodrigues

O menu é criado com produtos da Serra, como massas com queijos da região a exemplo o Sorrentino com abóbora e Queijo Pinhal, pratos veganos como Cogumelos em barbecue de cerveja artesanal – mix de cogumelos grelhados, mandioca frita e farofa de pinhão e a Quirera Serra e Mar – quirera com truta e camarão – produzido em Taubaté –  e lâminas de pinhões salteados em ervas. Não deixe de finalizar a refeição com o Brigadeiro de Capim Santo.

Av. Pedro Paulo, s/n – Horto Florestal, Campos do Jordão / Tel.: (12) 99731-3953 / Horário de funcionamento: todos os dias, das 11h30 às 17h.

Bonanza Grill

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Bonanza Grill (@bonanzagrillcj)

Recentemente adquirido pelo Hotel Toriba, o restaurante Bonanza Grill traz uma culinária especial para os apreciadores de bons cortes de carnes, regadas a um bom vinho, cerveja ou um destilado. A vista panorâmica num dos pontos mais altos de Campos do Jordão é um atrativo à parte.

Estrada Municipal Paulo Lenz Cesar, 1360, Campos do Jordão / Não trabalham com reservas / Horário de funcionamento: sexta-feira, sábado e domingo, das 12h às 19h. 

Arte da Pizza

Dentro do Grande Hotel Campos do Jordão, a pizzaria artesanal Arte da Pizza serve redondas com massa leve e crocante em um ambiente rústico e aconchegante, garantindo um visual único junto aos fornos a lenha.

Arte da Pizza, dentro do Grande Hotel Campos do Jordão / Divulgação

Av. Frei Orestes Girardi, 3549, Campos do Jordão / Tel.: (12) 3668-6000 / Horário de funcionamento: todos os dias, das 18h às 23h, também para não hóspedes.

Restaurante Harry Pisek

Harry Pisek é restaurante típico alemão com salsichas feitas artesanalmente na casa / Reprodução site

Restaurante típico alemão serve salsichas artesanais e fondue, em ambiente com trânsito intenso de cervejas. Harry Pisek começou a fazer salsichas desde os seus 14 anos de idade, em 1982, e continua até hoje fazendo todas as salsichas com suas receitas secretas.

A responsável pela cozinha é a mulher de Harry, Miriam Pisek, mineira que herdou a paixão pela cozinha da família. Salsichas, mostardas, geleias agridoces, pães, eisbien e o strudel de maçã são todos feitos na casa.

Av. Pedro Paulo, 857, Jd. Embaixador – Campos do Jordão / Tel.: (12) 3663-4030 / Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 10h às 17h30, sábado, das 10h às 23h, e domingo, das 10h às 18h30. 

Puriman

O Puriman, restaurante de vanguarda localizado na pousada Figueira da Serra, é comandado pelo jovem chef João Izar, de apenas 22 anos, que valoriza pequenos produtores e tem como alicerce a exploração consciente da natureza da Serra da Mantiqueira.

Burrito de Leitão do Puriman / Divulgação

É um dos únicos restaurantes de Campos que oferece menu-degustação, que muda conforme as estações, mas também tem itens à la carte, como a bochecha de porco defumada por 12 horas e cozida em baixa temperatura por mais 12 horas), servida com pera laqueada com um caramelo de pera e baunilha do Cerrado e zabaglione, carro-chefe da casa.

Já no Spaghetti Faraona, ingredientes de produtores locais são utilizados para reproduzir um prato de combinação clássica da Itália. A galinha d’angola vem do Sítio do Tato, fornecedor exclusivo do restaurante, a ricota de búfala é de um pequeno produtor chamado Bufalat, a massa é feita na casa com trigo e semolina e as ervas são da horta do restaurante.

Rua Embuia, 190, Jardim Embaixador – Campos do Jordão / Tel.: (12) 99619-9689 ou reservas@purimanrestaurant.com.br / Horário de funcionamento: Café da manhã: todos os dias das 8h às 11h / Almoço de sábado e domingo das 13h às 16h / Jantar de quarta a sábado das 19h às 23h.


The post Guia Campos do Jordão: o que fazer e onde comer na cidade serrana appeared first on CNN Brasil V&G.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.