De Bruyne critica Nations League: ‘Glorificaram amistosos sem importância’


Na contramão do que prega a Uefa e alguns dos principais jogadores do continente, o belga Kevin De Bruyne fez duras críticas a Nations League nesta segunda-feira, 30. Após terminar a temporada com 45 partidas pelo Manchester City e o título do Campeonato Inglês, o meia está entre os convocados da seleção da Bélgica para realizar quatro jogos em 11 dias. Infeliz com a situação, o craque disparou contra o torneio da Uefa.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Antes de enfrentar a Holanda (3 de junho), Polônia (8 e 14 de junho) e País de Gales (11 de junho), De Bruyne disse que não sente ansiedade para disputar a competição: “Não estou desejando que chegue, essa Nations League não é importante, na minha opinião”, disse, em entrevista ao diário belga Het Laatste Nieuws.

Autor de 23 participações diretas em gols na Premier League, o belga demonstrou insatisfação com os duelos marcados para o início de junho. “Glorificaram amistosos após uma temporada longa. Não estou ansioso para isso”, disse o jogador de 30 anos.

“Temos três semanas de férias em um ano. Quem está de fora não entende como nos sentimos ao fim de uma temporada. .Eu poderia dizer que queremos mais tranquilidade, mas não mudaria nada. Uma vez em campo, faremos o que temos de fazer”, completou.

Criada pela Uefa em 2018, a Nations League inicia nesta semana a terceira edição. Dividida em quatro blocos, os campeões da principal liga foram Portugal, em 2019, e França, 2021. O torneio ocupa as datas das seleções europeias entre os compromissos pelas Eliminatórias, o que inviabiliza amistosos contra equipes de outros continentes.

França bateu a Espanha na final da última Nations LeagueIsabella Bonotto/Getty Images

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.