Ancelotti se isola como maior vencedor da Champions, com quatro taças


Carlo Ancelotti fez história novamente. Com o título do Real Madrid sobre o Liverpool na final deste sábado, 28, o italiano conquistou sua quarta Liga dos Campeões e se isolou como o treinador com mais títulos da história do torneio, deixando para trás os tricampeões Zinedine Zidane e Bob Paisley.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Ancelotti venceu a Champions duas vezes com o Milan, em 2003 e 2007, e outras duas com o Real – além do título deste ano, havia triunfado também em 2014, quando o clube espanhol ganhou a sonhada “La Décima”. Nos tempos de jogador, o italiano também faturou duas taças da Copa da Europa, em 1989 e 1990, como meio-campista do famoso Milan de Arrigo Sacchi.

O técnico de 62 anos já tinha batido outro recorde nesta temporada ao ganhar o Campeonato Espanhol e se tornar o primeiro treinador a ser campeão nas cinco principais ligas europeias. Ele também venceu o Italiano em 2004, pelo Milan, o Inglês em 2010, pelo Chelsea, o Francês em 2013, pelo Paris Saint-Germain, e o Alemão em 2017, pelo Bayern de Munique.

Até este sábado, Ancelotti estava empatado com outros dois tricampeões da Champions: o francês Zidane, que conquistou três seguidas pelo Real Madrid em 2016, 2017 e 2018, e o inglês Bob Paisley, que ganhou a taça em 1977, 1978 e 1981 pelo Liverpool.

Além deles, outros 17 treinadores conquistaram a Liga dos Campeões duas vezes. Veja a lista completa abaixo:

4 títulos

Carlo Ancelotti – 2003, 2007 (pelo Milan), 2014 e 2022 (pelo Real Madrid)

3 títulos

Bob Paisley – 1977, 1978 e 1981 (pelo Liverpool)

Zinedine Zidane – 2016, 2017 e 2018 (pelo Real Madrid)

2 títulos

José Villalonga – 1956 e 1957 (pelo Real Madrid)

Continua após a publicidade

Luis Carniglia – 1958 e 1959 (pelo Real Madrid)

Béla Guttmann – 1961 e 1962 (pelo Benfica)

Helenio Herrera – 1964 e 1965 (pela Inter de Milão)

Miguel Muñoz – 1960 e 1966 (pelo Real Madrid)

Nereo Rocco – 1963 e 1969 (pelo Milan)

Stefan Kovacs – 1972 e 1973 (pelo Ajax)

Dettmar Cramer – 1975 e 1976 (pelo Bayern de Munique)

Brian Clough – 1979 e 1980 (pelo Nottingham Forest)

Ernst Happel – 1970 (pelo Feyenoord) e 1983 (pelo Hamburgo)

Arrigo Sacchi – 1989 e 1990 (pelo Milan)

Ottmar Hitzfeld – 1997 (pelo Borussia Dortmund) e 2001 (pelo Bayern de Munique)

Vicente del Bosque – 2000 e 2002 (pelo Real Madrid)

Alex Ferguson – 1999 e 2008 (pelo Manchester United)

José Mourinho – 2004 (pelo Porto) e 2010 (pela Inter de Milão)

Pep Guardiola – 2009 e 2011 (pelo Barcelona)

Jupp Heynckes – 1998 (pelo Real Madrid) e 2013 (pelo Bayern de Munique)

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.