A despedida triunfal de Marcelo do Real Madrid: ‘Saio de cabeça erguida’


Minutos depois de levantar a Taça da Liga dos Campeões como capitão do Real Madrid, Marcelo anunciou no último sábado, 28, que a final no Stade de France foi o seu último jogo pela equipe espanhola.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Estou saindo do Real Madrid com a cabeça erguida, fiz tudo o que podia por este clube, que sempre me apoiou”, disse aos jornalistas na zona mista do Stade de France.”

“Estou fechando um ciclo e ele não poderia terminar melhor, ganhando uma Champions, sendo o maior vencedor da história deste clube”.

Em 2006, quando chegou ao Real Madrid com a missão de substituir Roberto Carlos, um ídolo do clube, na lateral-esquerda, muitos achavam impossível. Aos 19 anos, seu currículo era tão enxuto de títulos, que na revista oficial do Real Madrid, era descrito como “um constante nas convocações da seleção brasileira”.

Continua após a publicidade

Apesar da confiança de Ramón Calderón, o presidente do Real Madrid, naquela altura – que profetizou que “seria o substituto de Roberto Carlos”, ninguém poderia prever que se tornaria o jogador mais consagrado do maior campeão da Europa.

Marcelo disputou 16 temporadas pelo clube e ganhou tudo o que poderia ser conquistado. Ganhou cinco Ligas dos Campeões, três Mundiais de Clube, três Supercopas da Europa, mais seis campeonatos espanhóis, duas Copas da Espanha e cinco Supercopas da Espanha. Ou seja, 25 títulos importantes. O espanhol Paco Gento, ídolo da década de 1960, morto em janeiro deste ano aos 88 anos, é o segundo maior vencedor do clube, com 23 trofeus.

“O Fluminense me deu tudo para eu ser um jogador profissional, mas o Real Madrid foi o clube da minha vida”, disse Marcelo, grato ao clube que o revelou. Mas, e agora? “Agora? O que sei é que vou para o ônibus e depois vou para o avião. Preciso de uns quinze dias de férias e depois vou ver o que vou fazer.”

Aos 34 anos, ele ainda ainda sonha em voltar a jogar sua competição preferida. Motivado para seguir em frente, qualidade e pé-quente, Marcelo já mostrou que tem.

Continua após a publicidade


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.