Média móvel de óbitos no Brasil volta a subir e fica em 126 nesta segunda-feira


O Brasil registrou nesta segunda-feira (2) 89 óbitos e 6.498 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

Com isso, a média móvel de mortes voltou a subir ficou em 126. Na segunda-feira (1º), o indicador estava em 124; há uma semana, o número foi de 99.

Já a média móvel de casos atingiu 15.011.

Estes índices de médias móveis consideram os últimos sete dias e servem para acompanhamento dos indicadores da situação epidemiológica no país sem eventuais distorções causadas por subnotificações aos finais de semanas.

O Piauí e o Acre não notificaram novos dados ao Conass, e por esse motivo foram mantidas as atualizações enviados no dia anterior.

O país soma 663.602 óbitos e 30.460.997 infecções da doença desde o início da pandemia, em 2020.

Novas sublinhagens da Ômicron podem evitar imunidade de infecções passadas, diz estudo

Duas novas sublinhagens da variante Ômicron do coronavírus podem evitar anticorpos de infecções anteriores o bastante para desencadear uma nova onda, mas são muito menos capazes de se desenvolver no sangue de pessoas vacinadas contra a Covid-19, descobriram cientistas da África do Sul.

Cientistas de diversas instituições do país estavam examinando as sublinhagens BA.4 e BA.5 da Ômicron, adicionadas no mês passado pela Organização Mundial da Saúde à lista de monitoramento. Leia mais.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Média móvel de óbitos no Brasil volta a subir e fica em 126 nesta segunda-feira no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.