Bill Murray diz que teve “diferença de opinião” com mulher durante filmagens


O ator e comediante Bill Murray abordou a paralisação da produção de seu último filme, “Being Mortal”, após relatos de uma queixa contra ele.

A Fox Searchlight disse à equipe de filmagem em um e-mail no mês passado que o longa estava sendo interrompido devido a uma reclamação não especificada, mas não confirmou que Murray estava envolvido, segundo o site Deadline em 20 de abril.

No último sábado (30), Murray estava participando da reunião anual de acionistas da Berkshire Hathaway no Nebraska, nos Estados Unidos. O ator disse à CNBC que teve uma “diferença de opinião” com uma mulher no set de “Being Mortal”. Mas Murray disse estar otimista de que ele e a mulher, a quem não nomeou, possam “fazer as pazes”.

“Tivemos uma diferença de opinião; eu com uma mulher com quem estou trabalhando. Fiz algo que achei engraçado, e não foi levado dessa forma”, disse Murray. “A empresa, o estúdio queriam fazer a coisa certa. Então, queriam verificar tudo e investigar e então interromperam a produção. Mas a partir de agora estamos conversando e tentando fazer as pazes uns com os outros”.

A natureza da queixa não foi tornada pública, mas Murray disse que estava pensando muito sobre o que aconteceu, e foi “uma grande educação” para ele, de acordo com a entrevista que deu à CNBC.

“Você sabe o que eu sempre achei engraçado quando criança não é necessariamente o mesmo que é engraçado agora. As coisas mudam e os tempos mudam, então é importante para mim descobrir isso”, disse Murray. “Acho que o mais importante é que seja o melhor para a outra pessoa”.

“Eu pensei e não foi o melhor para a outra pessoa, não importa o que aconteça comigo. E isso me deu muito conforto porque seu cérebro não funciona bem quando você está no desconhecido, quando você está pensando como, ‘bem, como posso ser tão impreciso e tão insensível’”, afirmou.

O ator também disse à CNBC que espera resolver suas diferenças com a mulher e reiniciar a produção de “Being Mortal”.

“O que me faria mais feliz seria voltarmos ao trabalho e podermos confiar um no outro e trabalhar no que passamos muito tempo desenvolvendo a habilidade”, disse. “E espero fazer algo que seja bom para mais do que apenas nós dois, mas para toda uma equipe de pessoas que são cineastas e também para o estúdio de cinema”.

O filme, com Bill Murray, Seth Rogen e Keke Palmer, e dirigido por Aziz Ansari, é baseado no livro de mesmo título de Atul Gawande, de acordo com o The Hollywood Reporter. Ansari escreveu o roteiro e também deve desempenhar um papel no filme.

A Searchlight Pictures não respondeu a vários pedidos de comentários da CNN.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Bill Murray diz que teve “diferença de opinião” com mulher durante filmagens no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.