Vacinação contra sarampo atinge 35% de cobertura em idosos no Rio


A segunda etapa da vacinação contra o sarampo foi iniciada em todo o país neste sábado (30), dia D de mobilização nacional. A partir de agora, trabalhadores de saúde e crianças de seis meses até menos de cinco anos também podem receber o imunizante. O público infantil, cerca de 12,9 milhões de crianças, se tornou prioridade.

No Rio de Janeiro, apesar do tempo chuvoso na capital, a movimentação foi grande em um posto da Zona Norte. A servidora pública Talita Cardoso levou a filha, a pequena Luísa, de 2 anos, para se vacinar. Ela amamentava a filha durante o processo e acredita que isso tenha diminuído a aflição da criança.

“Isso eu já percebi desde os primeiros dias dela. Dá mais tranquilidade, mais segurança. Ela se sente mais segura e eu acredito até que o efeito da dor seja menor. É muito importante cumprirmos o calendário vacinal, porque assim a gente vai proteger a nossa cria e a sociedade como um todo”, afirmou Talita.

O engenheiro Bruno Galdino foi ao mesmo local para imunizar o filho Pedro, também de 2 anos. Apesar do choro da criança enquanto recebia o imunizante, Bruno fica aliviado com a certeza da proteção.

“Dá um apertinho no coração porque ele entrou com muito medo, mas já passou”, disse Bruno.

Já a vacinação dos idosos ainda tem um percentual baixo, segundo a Prefeitura do Rio. 35% foram vacinados contra o sarampo até agora. A campanha para essa faixa etária começou há cerca de um mês. A vacina da gripe também está disponível para idosos e pode ser aplicada no mesmo dia, sem intervalo.

O Ministério da Saúde afirma que o objetivo da campanha é interromper a circulação do sarampo. Em 2021, segundo o governo federal, a cobertura nacional da primeira dose da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola, era de 71% para a primeira dose e de 50% para a segunda.

O esperado este ano, de acordo com o Ministério da Saúde, é alcançar 95% do público alvo.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Vacinação contra sarampo atinge 35% de cobertura em idosos no Rio no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.