Vídeo da entrevista inicial de Alec Baldwin após tiroteio é divulgado


Evidências em vídeo recém-divulgadas da investigação sobre o tiroteio mortal no ano passado no set do filme “Rust” mostram a primeira entrevista dos investigadores com o ator Alec Baldwin logo após o incidente.

Baldwin estava manuseando uma arma enquanto ensaiava uma cena no Bonanza Creek Ranch, no Novo México, em outubro, quando um tiro disparou, matando a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferindo o diretor Joel Souza.

Nos primeiros momentos de sua entrevista, Baldwin pergunta ao delegado se ele está sendo acusado de alguma coisa, ao que ele responde que não. O delegado explica que é apenas uma entrevista.

A gravação foi realizada em uma pequena sala de entrevistas, e mostra Baldwin descrevendo o processo de manuseio de armas e as etapas usuais tomadas no set.

“Você acha que alguém faria isso deliberadamente?”, o entrevistador pergunta.

“Não consigo imaginar quem o faria”, respondeu Baldwin rapidamente.

O vídeo é um dos vários arquivos divulgados nessa segunda-feira (25) pelo Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé, incluindo fotos, gravações e relatórios relacionados à investigação, que está em andamento, disseram autoridades.

“Vários componentes da investigação permanecem pendentes, incluindo armas de fogo do FBI e perícia balística, juntamente com análise de DNA e impressões digitais latentes, relatório de descobertas do Office of the New Mexico Medical Examiner e a análise dos dados telefônicos do Sr. Alec Baldwin extraídos pelo condado de Suffolk (Nova York)”, disse o xerife do condado de Santa Fe, Adan Mendoza, em um comunicado à imprensa.

Durante sua entrevista, Baldwin disse aos policiais que não sabia o sobrenome da armeira do filme – Hannah Gutierrez Reed – e que ela entregou a arma diretamente a ele.

Quando perguntado se ele mesmo verificou fisicamente a arma, Baldwin respondeu em generalidades sobre o processo em que o armeiro verifica a arma. Ele também descreveu como Hannah e sua equipe ajudaram a equipar Baldwin com um coldre, uma faca e uma arma.

Confira o vídeo na íntegra:

Falando rapidamente, Baldwin explicou o processo de disparar uma arma com um festim que exige que o ator reaja ao tiro como se a arma “recuasse”, como faria ao disparar um tiro ao vivo. Baldwin passa pelos movimentos da cena, estendendo a mão pelo corpo e usando o polegar e o indicador para simular a arma sendo desenhada em seu corpo.

“Bang! Ele explodiu – a primeira vez”, disse Baldwin sobre a arma usada no ensaio. “Foi a primeira vez que filmamos aquela cena, estávamos ensaiando para aquela cena.”

O advogado de Baldwin disse que o ator agradece à investigação e disse que algumas das informações divulgadas nessa segunda corroboram sua descrição dos eventos.

“As informações reveladas pelas autoridades demonstram, mais uma vez, que o Sr. Baldwin agiu com responsabilidade e não teve controle sobre quaisquer problemas de produção identificados no relatório da OSHA”, disse o advogado de Baldwin, Luke Nikas.

“Além disso, as entrevistas e depoimentos divulgados hoje continuam a corroborar a descrição do Sr. Baldwin dos eventos – incluindo um depoimento do Detetive afirmando que o cinegrafista, que estava ao lado da diretora de fotografia, confirmou que o Sr. Baldwin era ‘muito cuidadoso’ com armas no set”, continuou o comunicado.

Na semana passada, a Rust Movie Productions, LLC foi multada em quase US$ 137.000 e citada por ter uma cultura de “plena indiferença à segurança dos funcionários” no set, de acordo com um relatório do Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional do Departamento de Meio Ambiente do Novo México.

Diretora Halyna Hutchins com atores de “Rust”, incluindo Alec Baldwin (esquerda) / Reprodução/Instagram Jensen Ackles

Os advogados de Hannah Gutierrez Reed disseram à CNN na semana passada que ela “não recebeu tempo ou recursos adequados para realizar seu trabalho de forma eficaz, apesar de suas preocupações”.

Quando contatada para comentar nessa segunda-feira, seu advogado disse que está revisando o material divulgado e não comentando no momento. A Rust Productions LLC não quis comentar. A CNN entrou em contato com o fornecedor dos adereços usados ​​no set, mas não obteve resposta.

O advogado da família de Matthew Hutchins, viúvo de Halyna Hutchins, disse em comunicado que não comentaria sobre a divulgação das provas.

“Ficamos surpresos com a decisão do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé de divulgar uma quantidade tão grande de provas hoje, uma vez que a investigação ainda está em andamento e ativa”, disse o advogado Brian Panish. “Por esse motivo, não vamos comentar o material, exceto para dizer que esperamos que a imprensa exerça discrição em como usar as imagens e vídeos gráficos dos eventos fatais de 21 de outubro de 2021”.

O Gabinete do Procurador Distrital do Condado de Santa Fe esperará até que a investigação completa sobre o tiroteio fatal seja concluída antes de tomar uma decisão de acusação no caso, de acordo com um comunicado obtido pela CNN.

“A investigação não está completa”, dizia um comunicado da promotora Mary Carmack-Altwies, acrescentando que o escritório do xerife ainda “aguarda relatórios essenciais e não concluirá sua investigação até que esses relatórios sejam enviados”.

“Assim que recebermos a investigação concluída e conduzirmos uma revisão completa e deliberada de todas as evidências, uma decisão de acusação criminal será tomada”, dizia o comunicado de Carmack-Altwies.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Vídeo da entrevista inicial de Alec Baldwin após tiroteio é divulgado no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.