Santos supera América-MG na Vila e salta para a liderança do Brasileirão


O Campeonato Brasileiro tem novo líder. Neste domingo (24), o Santos assumiu a dianteira da competição ao derrotar o América-MG por 3 a 0, na Vila Belmiro, em partida válida pela terceira rodada, também se aproveitando dos tropeços de Atlético-MG e Corinthians no dia anterior. Nos outros jogos do dia, o Cuiabá superou o Juventude por 1 a 0, fora de casa, enquanto Atlético Goianiense e Botafogo empataram por 1 a 1.

Com esses resultados, o Santos chegou aos sete pontos, assim como o Atlético-MG, mas está à frente graças ao saldo de gols superior – 4 a 3. Assim, ocupa a dianteira do Brasileirão pela primeira vez desde a 15ª rodada de 2019, ano em que foi vice-campeão. Corinthians, Cuiabá e Internacional, todos com seis, vêm logo atrás.

Com 2 de Zanocelo, Santos confirma força em casa

Recentemente, o América-MG vinha sendo um adversário indigesto para o Santos, que havia perdido as quatro partidas anteriores para o adversário, pelas edições de 2021 e 2018 do Brasileirão. Dessa vez, porém, o alvinegro paulista triunfou com facilidade, por 3 a 0, confirmando o bom início de Fabian Bustos em jogos na Vila Belmiro. São quatro vitórias em quatro partidas realizadas pelo time no estádio sob o comando do treinador.

Acompanhado por 10.374 torcedores na Vila, o Santos abriu vantagem aos 28 minutos da etapa inicial. No lance, Ângelo levantou da intermediária para Marcos Leonardo, que ganhou de Patric pelo alto e cabeceou cruzado. Os outros gols, ambos de Vinicius Zanocelo, saíram na etapa final.

Aos 6 minutos, Ângelo acionou Léo Baptistão, que bateu prensado. Mas a bola sobrou para Zanocelo finalizar para o gol. E Zanocelo voltaria a aparecer aos 32. Depois de Maicon ganhar disputa pelo alto após cobrança de escanteio, a bola sobrou para ele, livre na pequena área, empurrar para as redes: 3 a 0 para o novo líder do Brasileirão. Facilmente batido, o América-MG parou nos 3 pontos e está na 13ª posição.

Botafogo e Atlético-GO empatam em jogo de falhas

Também neste domingo, Atlético-GO e Botafogo empataram por 1 a 1, no Antonio Accioly, em placar definido por duas falhas. Com a igualdade, o time carioca chegou aos 4 pontos, em 11º lugar. Já a equipe goiana, ainda sem vencer, ocupa a 17ª colocação, na zona de rebaixamento, com apenas dois pontos.

A etapa inicial da partida foi fraca, a ponto de os times nem terem conseguido acertar a meta adversária. Recém-contratado pelo Botafogo, o zagueiro Víctor Cuesta fez o seu jogo de estreia pelo Botafogo ao ser acionado no fim do primeiro tempo, para substituir o lesionado Kanu.

Porém, foi outra peça do sistema defensivo do time carioca que acabou aparecendo mais. E por duas falhas seguidas. Aos 5 minutos do segundo tempo, o goleiro Diego Loureiro saiu jogando errado, mandando a bola nos pés de Marlon Freitas. Ele arriscou de fora da área, com a bola passando por baixo das pernas do botafoguense quando ele tentava encaixá-la, o que deixou o Atlético-GO em vantagem.

Depois, o time carioca buscou o empate e teve um gol de Chay anulado por impedimento. E acabou conseguindo a igualdade no lance final. Aos 50 minutos, Saravia fez o cruzamento e Leandro Barcia, ao tentar cortar, empurrou para a própria meta: 1 a 1 em Goiânia.

Cuiabá vence mais uma como visitante

Em jogo com dois pênaltis marcados após consulta ao VAR e duas bolas na trave, o Cuiabá conquistou a segunda vitória no Brasileirão, sendo ambas como visitante, ao derrotar o Juventude por 1 a 0, no Alfredo Jaconi. O gol da partida foi marcado por Elton. O time do Centro-Oeste agora está com seis pontos, em quarto lugar. Já a equipe gaúcha, com apenas um, está na zona de rebaixamento, na penúltima colocação.

A trave evitou um gol de Valdivia, do Cuiabá, aos 43 minutos do primeiro tempo, mas a partida só foi esquentar na etapa final. Aos seis, Pitta a acertou em cobrança de pênalti para o Juventude, em infração assinalada após consulta ao VAR. Depois, com várias substituições realizadas, o Cuiabá dominou o jogo.

O time visitante teve duas chances claras de gol com Rodriguinho e definiu a vitória em outro pênalti, esse assinalado após a bola tocar no braço de Vitor Mendes, zagueiro do Juventude, que foi expulso por reclamação. Élton converteu a cobrança aos 38 minutos e definiu a vitória do Cuiabá no Alfredo Jaconi, que recebeu apenas 3.920 torcedores neste domingo.

Resultados e agenda

A terceira rodada do Brasileirão foi aberta no sábado (23) com cinco jogos: Athletico-PR 1 x 0 Flamengo, Red Bull Bragantino 1 x 1 São Paulo, Palmeiras 3 x 0 Corinthians, Fluminense 0 x 1 Internacional e Atlético-MG 2 x 2 Coritiba. Na segunda-feira (25), se enfrentam Avaí e Goiás, em Florianópolis (SC). E a jornada só será concluída em 1º de junho, com a disputa entre Fortaleza e Ceará.

Este conteúdo foi originalmente publicado em Santos supera América-MG na Vila e salta para a liderança do Brasileirão no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.