Resort de luxo em ilha particular no Panamá revela nova praia ‘aérea’


O resort Bocas Bali, no Panamá, aparentemente tem tudo. Dezesseis luxuosas casas construídas sobre a água em uma ilha particular no Mar do Caribe. Uma piscina de água doce de 21 metros e spa. Um compromisso invejável com a sustentabilidade, graças ao uso exclusivo de energia solar. Jantar requintado em um restaurante situado em um casa de 100 anos.

Parece perfeito, certo?

Mas só faltou uma coisa. Praia.

Até agora, é isso. O resort, apenas para adultos, localizado na província de Bocas Del Toro, no Panamá, acaba de apresentar o que seu proprietário chama de “a primeira praia aérea do mundo”.

Chamada Kupu-Kupu –nome emprestado da palavra indonésia para borboleta– a praia tem aproximadamente 27,4 metros de comprimento e 6 metros de largura. Construída sobre estacas acima da água, possui areia branca, palmeiras, espreguiçadeiras e um bar. Um calçadão de madeira de 3 metros de largura a conecta à ilha.

Escadas de azulejos esverdeados oferecem acesso às águas abaixo, onde os hóspedes podem praticar mergulho com snorkel e caiaque, entre outros esportes aquáticos não motorizados oferecidos no local.

“Tinha que ser extraordinária”

 De acordo com o proprietário do Bocas Bali, Dan Behm, muito foi levado em consideração ao projetar a estrutura.

“Quando fomos apresentados à ilha particular, eu precisava de um pouco de convencimento para ver além da ausência de uma praia de areia branca, mas a ilha tinha tudo e mais um pouco que eu nem sabia que queria. Então, começamos a pensar como poderíamos construir uma praia que parecesse fazer parte da ilha sem nenhum impacto negativo nos manguezais, corais ou vida marinha ao redor”, disse ele à CNN, por e-mail.

“Depois de pesquisarmos as opções mais tradicionais feitas pelo homem, percebemos que teríamos que ser criativos e assim o fizemos”.

Andres Brenes, um arquiteto da Costa Rica, desenvolveu o projeto inicial para a praia, diz Behm.

A praia de Kupu-Kupu tem aproximadamente 30 metros de comprimento e 6 metros de largura
A praia de Kupu-Kupu tem aproximadamente 30 metros de comprimento e 6 metros de largura / Divulgação

O que a torna a primeira do mundo?

Viajantes globais podem recusar alegações de que a praia é a primeira desse tipo, já que praias artificiais podem ser encontradas em destinos em todo o mundo.

Questionado sobre o que torna a praia de Bocas Bali uma ‘primeira do mundo’, Behm diz que fez extensas pesquisas online e ainda não encontrou outra praia construída em madeira sobre a água.

“Conhecemos várias praias flutuantes no mundo [onde a praia é construída diretamente em cima da água] que teria sido muito mais fácil, mas não foi possível no nosso caso, pois danificariam os manguezais e os corais”, disse ele.

“Além disso, nenhum dos engenheiros e consultores globais conseguiu identificar nada parecido com nossa praia aérea. É possível que haja uma em algum lugar que não conseguimos localizar. Se você puder encontrar outra, estamos muito interessados em vê-la. Se houver outra, certamente não tem uma entrada para a água que seja parecida com a nossa”.

Escada em quartzo verde dá acesso à água
Escada em quartzo verde dá acesso à água / Divulgação

Construir uma praia

Behm diz que toda a praia foi construída manualmente com muito pouco maquinário moderno.

“A parte mais difícil foi construir os degraus e a base em forma de piscina sobre a água e, em seguida, baixar a estrutura na água. Isso foi tremendamente estressante e ninguém, nem mesmo a Marazul [a equipe de gerenciamento do projeto] sabia se conseguiríamos fazer isso”.

Foram necessários cerca de nove meses para construir, acrescenta. Quanto à areia, Behm diz que é de origem local e fácil de manter. “Os ventos são muito suaves, então a maior parte da areia permanece no lugar –90 drenos posicionados na praia permitem que a água passe, mas não a areia. As palmeiras são plantadas em barris cheios de terra embutidos na estrutura para não interferir com o ambiente natural, e acrescentam aquela estética de ilha caribenha”.

“É realmente uma maravilha da engenharia. A equipe limpa a areia todas as manhãs e trará mais areia, se necessário, e pelo menos uma vez por ano”.

Até agora, ele diz que os hóspedes tiveram uma reação muito positiva à nova praia, pois parece uma extensão natural da ilha.

Praia aérea vista de cima
Praia aérea vista de cima / Divulgação

Sobre o resort 

Bocas Bali não está sem praia há tanto tempo, pois só foi inaugurado em setembro de 2021.

Situado na Ilha Frangipani, no Panamá, suas 16 casas luxuosas sobre a água foram construídas em Bali e depois enviadas para o Panamá. Algumas vêm com piscinas privativas, outras têm um piso de vidro embutido, permitindo que os hóspedes vejam a vida marinha abaixo. Uma série de casas de bambu para serem instaladas em árvores estão agora em desenvolvimento e devem ser inauguradas este ano.

Bocas Bali está sendo promovido como 100% autossustetável –bacias de captação armazenam 100 mil galões de água da chuva, enquanto a eletricidade é gerada por painéis solares.

As diárias começam em US$ 1.100 (cerca de R$ 5.100) por noite durante a alta temporada e US$ 900 (equivalente a R$ 4.200) por noite durante a baixa temporada, todas as refeições são incluídas.

Resort tem 16 casas luxuosas construídas sobre a água
Resort tem 16 casas luxuosas construídas sobre a água / Divulgação

Este conteúdo foi originalmente publicado em Resort de luxo em ilha particular no Panamá revela nova praia ‘aérea’ no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.