Mais de mil corpos são examinados por investigadores forenses em Kiev, diz polícia


Investigadores forenses estão examinando os corpos de 1.084 civis encontrados na região de Kiev após a retirada das forças russas, de acordo com a polícia.

Andrii Nebytov, chefe da polícia da região, disse que os corpos foram examinados por investigadores forenses após a recaptura do local por forças ucranianas.

“No momento, o número de cadáveres é de 1.084, eles foram examinados por investigadores forenses e levados para instalações forenses”, disse Nebytov, acrescentando que “esses são civis que não tem nada a ver com a defesa territorial ou outras equipes militares. A grande maioria – entre 50 e 75% – foram pessoas assassinadas por armas pequenas, como metralhadoras ou rifles de franco-atiradores, a depender da localização”.

Esses são civis que não tem nada a ver com a defesa territorial ou outras equipes militares. A grande maioria – entre 50 e 75% – foram pessoas assassinadas por armas pequenas, como metralhadoras ou rifles de franco-atiradores, a depender da localização.

Andrii Nebytov

Nebytov disse que mais de 300 corpos ainda não foram identificados. “Eu gostaria de apelar aos cidadãos: nos informe sobre seus conhecidos e parentes que desapareceram e não entraram em contato. Não espere.”

Investigadores da região de Kiev e outras partes da Ucrânia retiradas do controle russo disseram ter encontrado evidências de assassinato de civis pelo exército russo.

No caso de Bucha, cidade próxima a Kiev, onde diversos civis foram encontrados mortos, a Rússia negou acusações de que soldados do país tivessem assassinado civis ucranianos.

 

Este conteúdo foi originalmente publicado em Mais de mil corpos são examinados por investigadores forenses em Kiev, diz polícia no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.