Fim da emergência sanitária marca nova etapa de revisão de planos contra Covid-19


O Ministério da Saúde anunciou nesta semana que o Brasil possui as condições necessárias para encerrar o estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) pela Covid-19. A decisão marca o fim de um período de 26 meses em que medidas extraordinárias de combate à doença puderam ser colocadas em prática para conter a transmissão do coronavírus.

O governo atribuiu a mudança à queda do número de mortes e novos casos de Covid-19 no país e ao avanço da vacinação, com uma taxa de mais de 73% de brasileiros imunizados. Com a decisão, mais de 2 mil atos administrativos ligados à pandemia precisarão passar por uma revisão. De acordo com o ministro Marcelo Queiroga, não haverá interrupção de políticas em curso, e o fim da emergência sanitária será conduzido por meio de uma transição gradual.

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama das reações e impactos do fim da emergência sanitária para a Covid-19 no país. Para descrever os efeitos desta decisão e as dúvidas sobre o atual cenário do combate à doença no Brasil e no mundo, participam deste episódio o infectologista Julio Croda, pesquisador da Fiocruz, e a epidemiologista Ethel Maciel, professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Conheça outros podcasts da CNN Brasil:

CNN Money

Horário de Brasília

À Prioli

No Lucro CNN

Semana de 22 – Bem mais que o modernoso

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com apresentação de Carol Nogueira
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã / CNN Brasil

(* Publicada por Diego Toledo)

Este conteúdo foi originalmente publicado em Fim da emergência sanitária marca nova etapa de revisão de planos contra Covid-19 no site CNN Brasil.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.