Lula mira caciques do MDB para neutralizar Tebet


(FOLHAPRESS) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participa de jantar nesta segunda-feira (11) na casa do ex-presidente do Senado Eunício Oilveira (MDB-CE) em busca do apoio dos caciques do MDB para neutralizar a pré-candidata à Presidência do partido, Simone Tebet.

O petista aposta na interlocução com antigos aliados, já que o presidente do partido, Baleia Rossi (MDB-SP), articula o espaço da senadora em uma candidatura de terceira via com União Brasil, Cidadania e PSDB.

Embora tenham se encontrado no jantar promovido pelo grupo Prerrogativas em dezembro do ano passado, Baleia e Lula não trataram desse assunto. O petista conta, portanto, com as lideranças do Nordeste, cujo eleitorado é mais identificado com ele.

No início da noite desta segunda, Baleia se manifestou no Twitter em favor de Tebet. “O MDB é um partido democrático. Toma as decisões por maioria, e respeita as minorias. Há meses, mesmo com diferenças regionais, há uma ampla maioria formada a favor da candidatura própria”, escreveu.

Lula almeja, ao menos, que a convenção emedebista libere os diretórios estaduais para não dificultar o apoio local de filiados ao partido.

Devem comparecer o senador Renan Calheiros (MDB-AL), entusiasta de uma aliança já no primeiro turno, e ex-parlamentares como José Sarney (MDB-AP) e Romero Jucá (MDB-RR). Para não ficar muito indelicado com Simone, lideranças de outros partidos também foram convidadas.

O petista tem ainda outra preocupação: demonstrar força política em Brasília. Em outubro de 2021, um jantar também na casa de Eunício acabou esvaziado. Em meio à CPI da Covid, não compareceram Renan, Sarney, nem o senador Eduardo Braga (MDB-AM).


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.