Reforma de milhões em gabinetes tem telão de autopromoção de deputados


A Câmara deverá gastar pelo menos R$ 20 milhões numa ampla reforma que está sendo tocada nos gabinetes de 79 deputados no Anexo 3 da Casa. Esse setor é onde ficam as unidades mais precárias. Esses gabinetes, por exemplo, não têm banheiro próprio, que agora serão  instalados.

Nesse local que fica o gabinete do ex-deputado Jair Bolsonaro, a obra está sendo feito por etapas: oito ao todo. Um dos corredores é um verdadeiro canteiro de obras. Mas, além de banheiro e minicopa, estão sendo feitas obras de instalações elétricas, hidrossanitárias, rede e prevenção e combate a incêndio e colocação de aparelhos de  ar-condicionado. Nos corredores, os pisos ganham granito preto.

Abaixo, o canteiro de obras que virou o corredor dos gabinetes:

Obras em gabinetes de deputados

Mas os gabinetes dos deputados estão recebendo um “bônus”: em cada unidade está sendo instalado na entrada um painel colorido, do tamanho equivalente a a uma TV de 50 polegadas (1,12 de altura e 64 de largura) onde o parlamentar pode divulgar seu mandato, manifestar suas posições e predileções políticas e as bandeiras que abraça.

Hoje, vários deles já colam na fachada suas fotos enormes, com imagens do partido ou de suas bandeiras, seja defesa da reforma agrária ou do livre acesso ao porte de armas. Agora, terão essa espécie de telão no qual poderão comandar pelo computador o material a ser divulgado ali, que vai se alterando a todo instante.

O deputado Bohn Gass (PT-RS), ex-líder do PT, usa o espaço do painel para criticar Bolsonaro. Numa das imagens que veicula, o petista cita o gabinete paralelo de pastores no Ministério da Educação e prega “Fora Bolsonaro”. Depois, altera para outra mensagem e expõe fotos de Lula e Bolsonaro comparando suas gestões, elogiando o ex-presidente.

Painel do deputado Bohn Gass, do PT

Ao lado de Gass, está o gabinete do bolsonarista ferrenho Giovani Cherini (PL-RS). No telão, há uma foto enorme do deputado.

As reformas nesse anexo da Câmara vão seguir até 2023. Alguns poucos gabinetes já estão prontos, sete deles, e apenas 3 já contam com esse painel. A Câmara informou que desde a década de 1980 não havia qualquer intervenção nesses 79 gabinetes, que estão sendo adequados agora. Se trata de uma padronização com os gabinetes do Anexo 4.

A Câmara informa ainda que o piso recebe material de maior durabilidade e menor necessidade de manutenção, o forro de gesso está sendo substituído. No cronograma, 47 gabinetes estarão concluídos neste ano e o custo destes está estimado em R$ 9,4 milhões, incluindo corredores e proximidades dos gabinetes.

O post Reforma de milhões em gabinetes tem telão de autopromoção de deputados apareceu primeiro em Metrópoles.