FGTS: saiba como consultar direito a saque extraordinário de R$ 1 mil


A Caixa Econômica Federal liberou, nessa sexta-feira (8/4), a consulta pública à possibilidade de saque extraordinário de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A instituição bancária pública também permite ao trabalhador consultar os valores disponíveis, além do período para recebimento das quantias.

As consultas são feitas através do site da Caixa. Para saber se está apto a sacar a quantia, o trabalhador precisará se identificar e autenticar seus dados pessoais.

Caso seja aceito nas etapas, o banco informará a possibilidade ou não do saque extraordinário e fornecerá informações sobre o procedimento, assim como as datas disponíveis.

A consulta também poderá ser feita através da agência da Caixa e pelo aplicativo FGTS, recém-atualizado. A plataforma permite fazer as mesmas consultas disponíveis no site.

Entenda

A liberação dos recursos do fundo foi autorizada por meio de Medida Provisória assinada pelo Governo Federal em 17 de março e publicada no dia seguinte, no Diário Oficial da União (DOU).

A liberação dos recursos foi articulada pela ala política do governo, que tem pressionado a equipe econômica a anunciar medidas que possam aumentar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (PL) às vésperas da campanha pela reeleição.

A primeira vez que o Executivo permitiu saques de contas do FGTS foi durante o governo Michel Temer (MDB), em 2017. A outra ocorreu no governo Bolsonaro, em junho de 2020. Na ocasião, o Planalto queria amenizar a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo previsões da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, a medida deve injetar cerca de R$ 30 bilhões na economia brasileira e beneficiar 40 milhões de pessoas. A estimativa de impacto no Produto Interno Bruto (PIB) é de 0,3%.

O post FGTS: saiba como consultar direito a saque extraordinário de R$ 1 mil apareceu primeiro em Metrópoles.